http://https://www.fmcagricola.com.br/index.aspx
http://www.premiomulheresdoagro.com.br/
http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/
http://www.ideaonline.com.br/conteudo/12-grande-encontro-sobre-variedades-de-cana-de-acucar.html
http://www.rgis.com.br

ETANOL/CEPEA: Com demanda aquecida, preços dos etanóis sobem pela 5ª semana

Voltar

Etanol

12/06/2018
  Compartilhe:

Apesar do período de safra, os preços dos etanóis hidratado e anidro subiram no mercado paulista pela quinta semana consecutiva. O impulso, de acordo com levantamento do Cepea, vem da demanda aquecida. Vale ressaltar que, nos últimos dias, especificamente, a procura nas distribuidoras foi reforçada pela necessidade de reabastecimento de muitos postos de gasolina, que estavam sem estoques após a greve dos caminhoneiros.
Quanto aos preços, entre 4 e 8 de junho, o Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado fechou a R$ 1,6966/litro, alta de 0,58% em relação ao da semana anterior. Segundo pesquisas do Cepea, para o anidro, a quantidade negociada na semana passada também cresceu de maneira expressiva, sendo a maior da safra atual e cinco vezes acima do volume do início da safra. Em relação às cotações, o Indicador CEPEA/ESALQ fechou em R$ 1,855/litro, aumento de 1,87% frente ao da semana anterior.

Fonte: Cepea/Esalq

ETANOL/CEPEA: Com demanda aquecida, preços dos etanóis sobem pela 5ª semana

12/06/2018

Apesar do período de safra, os preços dos etanóis hidratado e anidro subiram no mercado paulista pela quinta semana consecutiva. O impulso, de acordo com levantamento do Cepea, vem da demanda aquecida. Vale ressaltar que, nos últimos dias, especificamente, a procura nas distribuidoras foi reforçada pela necessidade de reabastecimento de muitos postos de gasolina, que estavam sem estoques após a greve dos caminhoneiros.
Quanto aos preços, entre 4 e 8 de junho, o Indicador CEPEA/ESALQ do hidratado fechou a R$ 1,6966/litro, alta de 0,58% em relação ao da semana anterior. Segundo pesquisas do Cepea, para o anidro, a quantidade negociada na semana passada também cresceu de maneira expressiva, sendo a maior da safra atual e cinco vezes acima do volume do início da safra. Em relação às cotações, o Indicador CEPEA/ESALQ fechou em R$ 1,855/litro, aumento de 1,87% frente ao da semana anterior.