http://www.fenasucro.com.br/Expor/Quero-Expor/Beneficios/?utm_source=mediapartner&utm_campaign=vendas&utm_medium=banner&utm_content=canavieiros_vendas&utm_term=761x73_201803271729&preload[13935947]=mediapartner
http://https://www.fmcagricola.com.br/index.aspx
http://bit.ly/2ktdMMm
http://www.ideaonline.com.br/conteudo/2-inovacana.html
http://site.orplana.com.br/pages/caminhos-da-cana-2017/

Preços do açúcar voltam a despencar nos mercados internacionais

Voltar

Açúcar

09/02/2018

Os preços do açúcar voltaram a cair vertiginosamente nesta quinta-feira (8) nas bolsas internacionais. A pressão sobre o futuro da commodity continua sendo exercida pela expectativa global com o superávit da atual e da próxima temporada.
 
Em Nova York o açúcar demerara caiu 42 pontos no lote março/18, cotado a 13.58 centavos de dólar por libra-peso. Os contratos com maior liquidez, com vencimento em maio/18, retraíram 39 pontos, negociados a 13.59 cts/lb. As demais telas se desvalorizaram entre 28 e 38 pontos.
 
Em Londres a maior baixa ocorreu no primeiro lote, com vencimento em março/18, onde a commodity foi negociada a US$ 350,80 a tonelada, baixa de 10,20 dólares no comparativo com a véspera. Nos demais contratos as quedas oscilaram entre 5,10 e 8,30 dólares.
 
Mercado doméstico
 
No mercado interno os preços do açúcar se mantiveram em alta nesta quinta-feira. Segundo o índice Cepea/Esalq, a saca de 50 quilos foi negociada ontem a R$ 54,17, valorização de 0,26% no comparativo com os preços praticados na quarta-feira.
 
Etanol diário
 
Os preços do etanol hidratado tiveram por sua vez a terceira alta seguida nos índices da Esalq/BVMF, com o metro cúbico negociado ontem a R$ 1.901,50, alta de 0,11% na comparação com a véspera.

Fonte: UDOP

Preços do açúcar voltam a despencar nos mercados internacionais

09/02/2018

Os preços do açúcar voltaram a cair vertiginosamente nesta quinta-feira (8) nas bolsas internacionais. A pressão sobre o futuro da commodity continua sendo exercida pela expectativa global com o superávit da atual e da próxima temporada.
 
Em Nova York o açúcar demerara caiu 42 pontos no lote março/18, cotado a 13.58 centavos de dólar por libra-peso. Os contratos com maior liquidez, com vencimento em maio/18, retraíram 39 pontos, negociados a 13.59 cts/lb. As demais telas se desvalorizaram entre 28 e 38 pontos.
 
Em Londres a maior baixa ocorreu no primeiro lote, com vencimento em março/18, onde a commodity foi negociada a US$ 350,80 a tonelada, baixa de 10,20 dólares no comparativo com a véspera. Nos demais contratos as quedas oscilaram entre 5,10 e 8,30 dólares.
 
Mercado doméstico
 
No mercado interno os preços do açúcar se mantiveram em alta nesta quinta-feira. Segundo o índice Cepea/Esalq, a saca de 50 quilos foi negociada ontem a R$ 54,17, valorização de 0,26% no comparativo com os preços praticados na quarta-feira.
 
Etanol diário
 
Os preços do etanol hidratado tiveram por sua vez a terceira alta seguida nos índices da Esalq/BVMF, com o metro cúbico negociado ontem a R$ 1.901,50, alta de 0,11% na comparação com a véspera.