atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

1ª quinzena de janeiro tem 87% da cana destinada para a produção de etanol

27/01/2014 Cana-de-Açúcar POR: Patrícia Mendonça | Agência UDOP de Notícias
Mesmo com cerca de 90% de unidades já na entressafra, as usinas que ainda continuam processando a safra 2013/14, juntas, esmagaram 659 mil toneladas de cana-de-açúcar na primeira quinzena de 2014, com uma produção de 8 mil toneladas de açúcar (12,84% da cana processada) e 42 milhões de litros de etanol (87,16% do volume processado). Os números foram divulgados na tarde de hoje (27), pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), em novo relatório da safra 2013/2014.
 
No acumulado desde o início da safra até 15 de janeiro, a moagem das unidades produtoras da região Centro-Sul do Brasil alcançou o recorde histórico de 594,78 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. Este volume é 11,83% maior comparativamente aquele observado no mesmo período da safra 2012/2013.
 
 
Qualidade da matéria-prima
 
No acumulado desde o início da atual safra até a 1ª quinzena de janeiro, a quantidade de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) somou 133,40 kg por tonelada de cana-de-açúcar, abaixo daquela registrada na mesma data do ano passado (135,63 kg de ATR por tonelada).
 
 
Produção de etanol e de açúcar
 
No acumulado desde o início da safra 2013/2014 até 15 de janeiro, 45,34% da cana foi direcionada para a produção de açúcar, num total de 34,27 milhões de toneladas produzidas, ligeiro crescimento de 0,56% relativamente à safra anterior.
 
Em relação ao etanol, o volume fabricado alcançou 25,41 bilhões de litros no acumulado do início da corrente safra até a 1ª quinzena de janeiro, aumento de 19,26% sobre igual período da safra passada. Deste montante, 11,02 bilhões de litros referem-se ao etanol anidro e 14,39 bilhões de litros ao etanol hidratado.