atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Apesar da entressafra, 32 usinas de cana-de-açúcar continuam com a moagem no Centro-Sul

29/02/2016 Cana-de-Açúcar POR: Scot Consultoria
De acordo com a União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (UNICA), a região Centro-Sul processou 602,69 milhões de toneladas da matéria-prima entre abril de 2015 e meados de fevereiro deste ano.
Em relação ao ciclo 2014/2015, quando foram moídas 570,5 milhões de toneladas de cana, houve incremento de 5,6% no volume.
Na primeira quinzena de fevereiro o processamento atingiu 2,7 milhões de toneladas, alta de 480,6% na variação anual.
Para o açúcar foram produzidas 52,0 mil toneladas, contra 5,0 mil no mesmo período do ano passado.
A produção de etanol total passou de 37,0 milhões de litros em 2014/2015 para 132,0 milhões de litros em 2015/2016, alta 257,7%. O aumento mais significativo foi para etanol hidratado, com 141,7%, totalizando 101 milhões de litros.
Embora o período seja de entressafra, nos primeiros quinze dias do mês, 32 unidades industriais estavam em funcionamento. A expectativa é que no início de março 25 usinas se mantenham ativas.
Ainda segundo a UNICA, isso se deve aos preços mais atrativos do açúcar e do etanol, da situação econômica de algumas indústrias e do excedente de cana bisada.
O fim da safra 2015/2016 está previsto para 31 de março, quando serão contabilizados os resultados.
De acordo com a União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (UNICA), a região Centro-Sul processou 602,69 milhões de toneladas da matéria-prima entre abril de 2015 e meados de fevereiro deste ano.

Em relação ao ciclo 2014/2015, quando foram moídas 570,5 milhões de toneladas de cana, houve incremento de 5,6% no volume.
Na primeira quinzena de fevereiro o processamento atingiu 2,7 milhões de toneladas, alta de 480,6% na variação anual.
Para o açúcar foram produzidas 52,0 mil toneladas, contra 5,0 mil no mesmo período do ano passado.
A produção de etanol total passou de 37,0 milhões de litros em 2014/2015 para 132,0 milhões de litros em 2015/2016, alta 257,7%. O aumento mais significativo foi para etanol hidratado, com 141,7%, totalizando 101 milhões de litros.
Embora o período seja de entressafra, nos primeiros quinze dias do mês, 32 unidades industriais estavam em funcionamento. A expectativa é que no início de março 25 usinas se mantenham ativas.
Ainda segundo a UNICA, isso se deve aos preços mais atrativos do açúcar e do etanol, da situação econômica de algumas indústrias e do excedente de cana bisada.
O fim da safra 2015/2016 está previsto para 31 de março, quando serão contabilizados os resultados.