atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Biblioteca da Canaoeste participa da 10ª Feira do Livro de Sertãozinho

04/09/2012 Noticias do Sistema POR: Revista Canavieiros - Ed75 - setembro de 2012
Participação oficializou a abertura pública dos serviços e acervo da 
biblioteca para toda a população
Participação oficializou a abertura pública dos serviços e acervo da 
biblioteca para toda a população

Nos dias 4, 5 e 6 de setembro foi realizada a 10ª edição da Feira do Livro de Sertãozinho e, pela primeira vez, a Biblioteca da Canaoeste “General Álvaro Tavares Carmo” fez parte do evento.
Em sua participação, a Biblioteca da Canaoeste oficializou a abertura pública de seus serviços e acervo para toda a população, disponibilizando de forma democrática o que até então era restrito apenas aos cooperados e associados do Sistema Copercana, Canaoeste e Sicoob Cocred. Através desta nova forma de trabalho, todo e qualquer cidadão pode efetuar seu cadastro e retirar livros, revistas e vídeos de um acervo de mais de 14 mil itens, incluindo a realização do empréstimo domiciliar.
Também esteve presente no estande da Biblioteca da Canaoeste, o departamento responsável pela separação de materiais recicláveis descartados pelos colaboradores do Sistema, o BioCoop – em parceria com o departamento de Preservação e Conservação da Secretaria do Meio Ambiente de Sertãozinho. O foco do trabalho foi a conscientização e educação ambiental no que diz respeito a arborização da cidade. 
Com uma pequena casa de madeira que simulava uma residência, as crianças e jovens eram orientados a realizar o plantio de mudas de árvores da maneira correta. Paralelamente a esta atividade, também foram doadas mudas de árvores específicas para a arborização urbana e cartilhas com o objetivo de orientar a população sobre os benefícios e vantagens que uma arborização planejada pode oferecer, além de dicas importantes sobre espécies e locais adequados para plantio. 
A participação da Biblioteca da Canaoeste “General Álvaro Tavares Carmo” na feira do Livro de Sertãozinho, foi idealizada e desenvolvida pelo bibliotecário Haroldo Luís Beraldo, com o apoio da diretoria da associação. “Acreditamos que o acesso democrático e irrestrito à informação é um direito de todo cidadão e trabalhamos para que isso deixe de ser um discurso e se torne realidade para os munícipes de Sertãozinho e região”, concluiu o bibliotecário.