atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Cana: consultor pede atenção à nova safra

01/02/2016 Cana-de-Açúcar POR: Canal Rural
A formação do canavial no Centro-Sul do país está melhor neste ano, mas nada garante que o setor sucroenergético terá uma temporada 2016/2017 tranquila. Na avaliação do presidente da consultoria Canaplan, Luiz Carlos Corrêa Carvalho, as chuvas em excesso ao longo do verão podem provocar floradas nas plantações, o que reduz a produtividade.
"O setor está nas mãos de São Pedro. Temos de ver o que ocorrerá em fevereiro e março e também em abril e maio, meses que marcam o início e indicam como será a próxima safra", comentou.
Ainda segundo ele, outro aspecto são as próprias dificuldades enfrentadas pelas usinas, que detêm endividamento na casa dos R$ 100 bilhões. "A realidade do setor preocupa, com muitas usinas em recuperação judicial, redução do plantio e envelhecimento do canavial", afirmou. "Vai ser uma safra complexa.
"O ciclo 2016/2017 no Centro-Sul do Brasil começa, oficialmente, em 1º de abril. Por enquanto, consultorias apontam que a moagem de cana-de-açúcar durante a próxima temporada superará 600 milhões de toneladas, podendo alcançar 630 milhões de toneladas.
Pelo mais recente relatório da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), as usinas e destilarias da principal região produtora do país haviam processado 596 milhões de toneladas no acumulado de 2015/16 até a primeira quinzena de janeiro. 
A formação do canavial no Centro-Sul do país está melhor neste ano, mas nada garante que o setor sucroenergético terá uma temporada 2016/2017 tranquila. Na avaliação do presidente da consultoria Canaplan, Luiz Carlos Corrêa Carvalho, as chuvas em excesso ao longo do verão podem provocar floradas nas plantações, o que reduz a produtividade.
"O setor está nas mãos de São Pedro. Temos de ver o que ocorrerá em fevereiro e março e também em abril e maio, meses que marcam o início e indicam como será a próxima safra", comentou.
Ainda segundo ele, outro aspecto são as próprias dificuldades enfrentadas pelas usinas, que detêm endividamento na casa dos R$ 100 bilhões. "A realidade do setor preocupa, com muitas usinas em recuperação judicial, redução do plantio e envelhecimento do canavial", afirmou. "Vai ser uma safra complexa.
"O ciclo 2016/2017 no Centro-Sul do Brasil começa, oficialmente, em 1º de abril. Por enquanto, consultorias apontam que a moagem de cana-de-açúcar durante a próxima temporada superará 600 milhões de toneladas, podendo alcançar 630 milhões de toneladas.
Pelo mais recente relatório da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica), as usinas e destilarias da principal região produtora do país haviam processado 596 milhões de toneladas no acumulado de 2015/16 até a primeira quinzena de janeiro.