atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Cana-de-açúcar na alimentação de vacas leiteiras

05/10/2012 Cana-de-Açúcar POR: Mapa
A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Estado do Rio de Janeiro (Pesagro) e a unidade Informação Tecnológica da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, (Embrapa), vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), promovem um dia de campo na TV sobre cana-de-açúcar na alimentação de vacas leiteiras.
A disponibilidade de mudas das variedades com as características recomendadas pela pesquisa para uso na alimentação de bovinos de leite tem sido um grande entrave nas regiões onde a cultura não é plantada em larga escala. Trabalhos de pesquisa mostram que a digestibilidade expressa em FDN (fator de digestibilidade neutra) é fundamental para a conversão alimentar em leite ou carne. A forma mais comum da utilização da cana-de-açúcar na alimentação de bovinos tem sido o corte diário e fornecimento aos animais, e a picagem do material in natura e o seu fornecimento com adição de 1% de ureia, é a mais utilizada. A cana-de-açúcar também pode ser utilizada para diversas finalidades, como a produção de açúcar e álcool.
A Pesagro, em parceria com produtores locais, Secretaria Municipal de Agricultura e produtores rurais do Município do Carmo (RJ) vem utilizando novas mudas de cana-de-açúcar com finalidade forrageira para substituição das antigas variedades por outras mais precoces, mais ricas em açúcar, com maior produção agrícola e melhor digestabilidade para os animais.
A pecuária leiteira do Estado do Rio de Janeiro é desenvolvida em várias regiões, sendo que em sua maioria a cana-de-açúcar tem sido alternativa alimentar na época seca do ano, onde as pastagens enfraquecem devido à falta de chuvas.
A edição vai ao ar nesta sexta-feira (5) de outubro pelo Canal Rural (Net/Sky) a partir das 9h. E no dia 7 de outubro, às 7h, pela NBR (TV do Governo Federal, captada por cabo ou por parabólica), com reprises aos domingos, às 17h, terça-feira, às 11h30, quinta-feira, às 15h, e sábado, às 7h.