atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Canaoeste reinaugura auditório “Fernandes dos Reis”

24/08/2012 Noticias do Sistema POR: Revista Canavieiros - Ed73 - julho de 2012
Com nova estrutura, associação recebeu autoridades e produtores para a cerimônia de 
reinauguração que homenageou o ex-líder, Fernandes dos Reis
Com nova estrutura, associação recebeu autoridades e produtores para a cerimônia de reinauguração que homenageou o ex-líder, Fernandes dos Reis

Carla Rodrigues 

Após dar início a uma série de reformas para melhorar sua estrutura e o atendimento aos associados, a Canaoeste reinaugurou no último dia 19 de junho, o auditório que recebeu o nome “Fernandes dos Reis”, uma homenagem ao ex-presidente da associação, falecido em 1999.  Fernandes dos Reis esteve à frente da Canaoeste por 30 anos, realizando importantes trabalhos em defesa do produtor. Durante sua jornada, sempre foi muito admirado e respeitado, sendo reconhecido por todos como um grande visionário do setor.  
Para a cerimônia de reinauguração estiveram presentes diretores, colaboradores do sistema Copercana, Canaoeste e Sicoob Cocred, associados, familiares do homenageado e autoridades do setor e da cidade, como o presidente e o vice-presidente da Canaoeste, Manoel Ortolan e Augusto César Strini Paixão, respectivamente, os diretores da associação, Luiz Carlos Tasso Júnior, Francisco César Urenha, Plácido Heitor Castro Boechá, Paulo Paulista Leite Silva Júnior, Daniel Anibal, Paulo Cezar Canesin e José Natal Lucato, o diretor da Copercana Pedro Esrael Bighetti, o presidente do Ceise-Br (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis), Adézio José Marques, o presidente da Câmara dos Vereadores de Sertãozinho, José Aprígio e o prefeito da cidade, Nério Garcia da Costa. 
Dos familiares do homenageado, Fernandes dos Reis, compareceram ao evento os filhos do homenageado, Fernando dos Reis, Irione Ivan Ramazini, Teresa dos Reis Passamiglio, Rita de Cássia dos Reis e Maria Elisa dos Reis Ramazini.
Durante o evento, Fernando dos Reis, assim como toda família, disse estar orgulhoso da homenagem que foi prestada ao pai, principalmente por vir de um lugar que ele considerava sua segunda casa. “Meu pai amou essa associação por 30 anos e tudo o que fazia era em prol dos seus fornecedores. Este auditório foi palco de muitos encontros, de muita luta e determinação em fazer da Canaoeste uma associação respeitada não só no Estado, mas sim em todo o país e ele conseguiu”.
Para relembrar a trajetória de Fernandes dos Reis, a Canaoeste exibiu um vídeo, feito em 2008 em homenagem prestada ao Sr. Fernandes pelo Procana, na cidade de São Paulo.
Em um discurso emocionado, o presidente da Canaoeste, Manoel Ortolan, falou sobre os principais trabalhos realizados pelo Sr. Fernandes, entre eles, a criação da biblioteca General Álvaro Tavares Carmo, o início do pagamento da cana por sacarose, que culminou na melhoria da estrutura técnica da associação e a dedicação ao Hospital Netto Campello, reforçando sua preocupação com a cultura e o bem estar de seus fornecedores, colaboradores e também da sua comunidade. 
“O Sr. Fernandes sempre será o grande nome desta instituição. Tudo o que ele fez aqui foi com o coração e por isso seus trabalhos sempre deram certo. Ele tinha uma participação muito ativa junto a seus associados e para isso não media esforços em defesa de seus fornecedores. É por este motivo e por tantos outros que ele sempre será lembrado como uma grande liderança”, disse Ortolan. 
Assim como Ortolan, o diretor da Canaoeste, Luiz Carlos Tasso Júnior, relembrou a preocupação do ex-presidente em ajudar na educação dos filhos dos associados. Da mesma forma, o diretor da Copercana, Pedro Esrael Bighetti, enfatizou a denominação do auditório como uma “escolha mais do que justa e certa”. 
Já o prefeito de Sertãozinho, Nério Garcia da Costa, destacou a participação que o homenageado teve no início de sua carreira política e também em sua formação pessoal. “O Sr. Fernandes sempre dizia que para realizar algo o homem tinha que planejar e ter iniciativa de fazer acontecer, e foi com esse pensamento que ele me estimulou a lutar pelo bem da comunidade e até hoje tenho ele presente em todas as minhas ações”, contou Costa.

Auditório da Canaoeste “Fernandes dos Reis”

Com capacidade para comportar aproximadamente 200 pessoas, o auditório da Canaoeste tornou-se mais uma opção de espaço para acolher a comunidade sertanezina e principalmente os produtores rurais. Ele que já foi palco de grandes debates e discussões, agora conta com melhores condições para receber seus associados e promover encontros que estimulem o desenvolvimento do setor sucroenergético.
“É um passo que demos no sentido de melhorar a nossa casa para acolher nossos fornecedores da forma que eles merecem. Aqui é o nosso local de trazer temas e problemas para discussão, buscar soluções, trazer palestras técnicas, palestras na esfera política, promover relacionamentos com as entidades de fora, procurando sempre fazer aquilo que for necessário para apoiar nossos fornecedores”, disse o presidente da Canaoeste, Manoel Ortolan.
De acordo com o diretor da associação, Luiz Carlos Tasso Júnior, a Canaoeste possui em seu planejamento aproximadamente 12 reuniões técnicas por filial (10), incluindo a matriz em Sertãozinho, que por ter o maior número de fornecedores mantém este auditório, que está pronto para receber todos. 
 “Esta reestruturação visa melhores condições e acomodações para trazermos mais palestrantes técnicos, informações sobre produtividade, correção e preparo de solo, colheita mecanizada, enfim todas as técnicas de manejo e condução da cultura da cana, agregando valor às propriedades rurais e, consequentemente melhorando a vida do nosso associado”, destacou Tasso.
O produtor Luiz Antônio Maciel, ficou satisfeito com as melhorias realizadas no auditório e acredita que o espaço poderá oferecer mais recursos e tecnologia para serem utilizados dentro dos princípios do associativismo. “Aqui é o lugar onde podemos exprimir nosso ponto de vista e também trazer nossas reivindicações, e agora com esta mudança, o espaço será melhor aproveitado”, disse Maciel.