atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Case IH lança sistema que monitora o canavial com precisão

22/01/2016 Cana-de-Açúcar POR: Brasil Agro
A Case IH é a primeira fabricante de máquinas agrícolas a contar com um sistema inédito de gerenciamento de produtividade voltado para o setor canavieiro no Brasil. A nova ferramenta utiliza os conceitos de agricultura de precisão para registrar e comparar a produtividade de cana-de-açúcar entre talhões, máquinas e operadores.
As informações técnicas são geradas durante a colheita, fornecendo um histórico detalhado, evitando replantio em áreas desnecessárias ou super dosagem em áreas produtivas, por exemplo. “Com o monitor de produtividade conseguimos medir com precisão a produtividade de cada área, assim é possível ajustar as curvas de adubação e a aplicação de nitrogênio em taxa variável”, conta Victor Campanelli, da Agro-Pastoril Paschoal Campanelli, fornecedora de cana-de-açúcar para usinas da região de Bebedouro (SP). 
Para ele, a nova ferramenta da Case IH vai ser responsável por um salto de qualidade na gestão do canavial.
Segundo Fabio Balaban, especialista da Case IH, a avaliação dos dados gerados pelo sistema permite um diagnóstico mais preciso da área plantada, economiza tempo na tomada de decisões e faz diferença na produtividade lá na ponta, no processamento na usina. “Além de acompanhar as informações da colheita mecanizada em tempo real, o produtor poderá estabelecer a variação de produtividade das áreas e ter elementos que suportarão as decisões sobre tratos culturais, logística e transporte de cana”, esclarece Balaban. 
 
 
A Case IH é a primeira fabricante de máquinas agrícolas a contar com um sistema inédito de gerenciamento de produtividade voltado para o setor canavieiro no Brasil. A nova ferramenta utiliza os conceitos de agricultura de precisão para registrar e comparar a produtividade de cana-de-açúcar entre talhões, máquinas e operadores.

 
As informações técnicas são geradas durante a colheita, fornecendo um histórico detalhado, evitando replantio em áreas desnecessárias ou super dosagem em áreas produtivas, por exemplo. “Com o monitor de produtividade conseguimos medir com precisão a produtividade de cada área, assim é possível ajustar as curvas de adubação e a aplicação de nitrogênio em taxa variável”, conta Victor Campanelli, da Agro-Pastoril Paschoal Campanelli, fornecedora de cana-de-açúcar para usinas da região de Bebedouro (SP). 

 
Para ele, a nova ferramenta da Case IH vai ser responsável por um salto de qualidade na gestão do canavial.

 
Segundo Fabio Balaban, especialista da Case IH, a avaliação dos dados gerados pelo sistema permite um diagnóstico mais preciso da área plantada, economiza tempo na tomada de decisões e faz diferença na produtividade lá na ponta, no processamento na usina. “Além de acompanhar as informações da colheita mecanizada em tempo real, o produtor poderá estabelecer a variação de produtividade das áreas e ter elementos que suportarão as decisões sobre tratos culturais, logística e transporte de cana”, esclarece Balaban.