atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Clima prejudica a produtividade da cana-de-açúcar em São Paulo

17/03/2014 Cana-de-Açúcar POR: Globo Rural
Começou a colheita da safra da cana-de-açúcar 2014/2015 em São Paulo, maior produtor do país.
 
O clima do começo do ano prejudicou a produtividade. Na usina que fica em Batatais, nordeste de São Paulo, o trabalho é intenso. A moagem começou mais cedo este ano e devem ser esmagadas quase 4 milhões de toneladas até dezembro.
 
A colheita antecipada tem um objetivo. "Começando mais cedo, eu consigo um preço inicial melhor para fazer, no final, uma média melhor", explica Bernardo Biagi, presidente da usina.
 
Em janeiro, na região de Ribeirão Preto choveu apenas 1/3 do que normalmente é registrado nessa época do ano, o que prejudicou o desenvolvimento da cana. Para os produtores, ainda é cedo para dizer de quanto vai ser a queda na produtividade, mas na lavoura já dá para ver perfeitamente que a cana cresceu muito menos do que deveria.
 
No ano passado, os agricultores colheram 80 toneladas por hectare, já nesta safra, a seca pode provocar quebra de até 10 toneladas por hectare. O grupo está revendo a previsão de safra para este ano.
 
A União da Indústria de Cana-de-Açúcar de São Paulo (Unica), associação que representa as usinas, deve divulgar o primeiro levantamento da safra em abril.