atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Colheita de cana no Centro-Sul do País já ultrapassa 40 milhões de toneladas

20/05/2013 Cana-de-Açúcar POR: SouAgro
Apresentando um crescimento significativo da moagem de cana, de 190%, em relação à safra passada, as unidades produtoras da região Centro-Sul do Brasil processaram até 30 de abril 41,01 milhões de toneladas de cana. O levantamento foi divulgado nesta segunda-feira, 13 de maio, pela União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica).
Deste volume, 31,54 toneladas foram processadas nos últimos 15 dias de abril, sendo que 39,93% destinou-se à fabricação de açúcar e a maior parte, 60,07%, à produção de etanol.
Para o diretor Técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, “este crescimento na moagem nesta safra era esperado, porque após 15 de abril praticamente não houve paralisação das atividades por questões climáticas”. Além disso, muitas unidades produtoras iniciaram suas operações na segunda quinzena do mês, contribuindo para o aumento no volume processado, acrescentou Rodrigues. Em maio, praticamente todas as unidades produtoreas da região que ainda não iniciaram a moagem da cana devem estar em operação.
Do total de cana-de-açúcar colhida desde o início da safra 2013/14 até 30 de abril, 39,93% destinou-se à fabricação de açúcar e a maior parte, 60,07%, à produção de etanol.
Segundo a Unica, a produção de açúcar totalizou 1,69 milhão de toneladas, com 1,45 milhão de toneladas fabricadas na última metade do mês de abril. A produção acumulada de etanol somou 1,58 bilhão de litros – com 400,99 milhões de litros de etanol anidro e 1,18 bilhão de litros de etanol hidratado – alta superior a 180%, comparada ao mesmo período da safra passada.
As vendas de etanol anidro alcançaram 546,73 milhões de litros em abril, alta de 15,32% sobre o valor registrado no último ano. O etanol hidratado apresentou crescimento similar ao do anidro, e registrou alta de 14,68% sobre o valor em 2012, com a venda de 971,83 milhões de litros.
Área de plantio
De toda área do País cultivada com cana-de-açúcar, a previsão, de acordo com a pesquisa da Companhia Nacional de Abastecimento – Conab, é que Minas Gerais se torne o segundo maior estado produtor, e ultrapasse o Estado de Goiás. São Paulo permanece como o maior produtor, com 51,3% (4.560,88 mil hectares) da área plantada, seguido por Minas Gerais com 9,31% (827,97 mil hectares), Goiás com 9,3% (827,03 mil hectares) e Paraná, com 7,0% (624,02 mil hectares).
Felipe Krauss
Apresentando um crescimento significativo da moagem de cana, de 190%, em relação à safra passada, as unidades produtoras da região Centro-Sul do Brasil processaram até 30 de abril 41,01 milhões de toneladas de cana. O levantamento foi divulgado nesta segunda-feira, 13 de maio, pela União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica).
Deste volume, 31,54 toneladas foram processadas nos últimos 15 dias de abril, sendo que 39,93% destinou-se à fabricação de açúcar e a maior parte, 60,07%, à produção de etanol.
Para o diretor Técnico da Unica, Antonio de Padua Rodrigues, “este crescimento na moagem nesta safra era esperado, porque após 15 de abril praticamente não houve paralisação das atividades por questões climáticas”. Além disso, muitas unidades produtoras iniciaram suas operações na segunda quinzena do mês, contribuindo para o aumento no volume processado, acrescentou Rodrigues. Em maio, praticamente todas as unidades produtoreas da região que ainda não iniciaram a moagem da cana devem estar em operação.
Do total de cana-de-açúcar colhida desde o início da safra 2013/14 até 30 de abril, 39,93% destinou-se à fabricação de açúcar e a maior parte, 60,07%, à produção de etanol.
Segundo a Unica, a produção de açúcar totalizou 1,69 milhão de toneladas, com 1,45 milhão de toneladas fabricadas na última metade do mês de abril. A produção acumulada de etanol somou 1,58 bilhão de litros – com 400,99 milhões de litros de etanol anidro e 1,18 bilhão de litros de etanol hidratado – alta superior a 180%, comparada ao mesmo período da safra passada.
As vendas de etanol anidro alcançaram 546,73 milhões de litros em abril, alta de 15,32% sobre o valor registrado no último ano. O etanol hidratado apresentou crescimento similar ao do anidro, e registrou alta de 14,68% sobre o valor em 2012, com a venda de 971,83 milhões de litros.
Área de plantio
De toda área do País cultivada com cana-de-açúcar, a previsão, de acordo com a pesquisa da Companhia Nacional de Abastecimento – Conab, é que Minas Gerais se torne o segundo maior estado produtor, e ultrapasse o Estado de Goiás. São Paulo permanece como o maior produtor, com 51,3% (4.560,88 mil hectares) da área plantada, seguido por Minas Gerais com 9,31% (827,97 mil hectares), Goiás com 9,3% (827,03 mil hectares) e Paraná, com 7,0% (624,02 mil hectares).
Felipe Krauss