atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Começa amanhã em Ribeirão o Herbishow, o maior evento sobre plantas daninhas em cana do país

19/05/2015 Cana-de-Açúcar POR: Assessoria de Imprensa
No Brasil, os herbicidas são fundamentais para viabilizar a cultura canavieira em 9 milhões de hectares, mas o produtor precisa de conhecimento para fazer uma aplicação eficiente e de qualidade
 
Hoje existem em torno de 9 milhões de hectares cultivados com cana-de-açúcar em todo Brasil. Mas isso somente é possível graças ao suporte ao cultivo oferecido pelos fitossanitários. “Portanto, é correto dizer que os herbicidas são insumos fundamentais para viabilizar a atividade canavieira. Se não tivéssemos a evolução de novos produtos e misturas, além do desenvolvimento de técnicas de aplicação e gestão, teríamos sérios problemas para cultivar numa área tão vasta”, salienta Dib Nunes, diretor do Grupo IDEA.
Caso o produtor descuide do controle das ervas daninhas no canavial pode ter grande prejuízo. A matocompetição reduz drasticamente a produtividade da lavoura, derrubando a rentabilidade do negócio, o que varia de acordo com a planta invasora e o grau de infestação. “Não é à toa que a gestão do controle de plantas daninhas nas usinas brasileiras absorve, anualmente, cerca de meio bilhão de dólares”, sublinha Dib Nunes.
Com o objetivo de difundir informações e trocar experiências sobre esse assunto, o Grupo IDEA organiza o mais tradicional evento sobre controle de ervas daninhas em cana-de-açúcar do país: o Herbishow, que chega à 14ª edição neste ano. O evento começa amanhã, 20 de maio, às 8 horas, e se encerra no dia 21 de maio.
Segundo Dib Nunes, a programação do 14º Herbishow é ampla, atual e aborda os grandes temas relacionados ao controle de plantas invasoras em cana-de-açúcar. “O evento terá palestras variadas, enfocando procedimentos técnicos já consolidados; lançamento de produtos e novas tecnologias que estão surgindo nas usinas para controlar espécies que têm trazido cada vez mais problemas, como as plantas trepadeiras que aumentaram significativamente com a cana crua; novos equipamentos e estratégias de pulverização; e conceitos inovadores de combate às daninhas em cana-de-açúcar.”
O evento também trará casos de sucesso de aplicação de herbicidas em PPI (Pré-Plantio Incorporado); ações de controle das espécies que avançam com o aumento da palha; novas misturas de herbicidas; medidas preventivas e modelo diferenciado de administração do controle de daninhas; e uso de rotação de cultura com soja transgênica para controle das plantas invasoras dos canaviais.
O 14º Seminário sobre Controle de Plantas Daninhas em Cana - Herbishow acontece no Centro de Convenções de Ribeirão Preto. Mais informações em www.ideaonline.com.br.
 
No Brasil, os herbicidas são fundamentais para viabilizar a cultura canavieira em 9 milhões de hectares, mas o produtor precisa de conhecimento para fazer uma aplicação eficiente e de qualidade
 
Hoje existem em torno de 9 milhões de hectares cultivados com cana-de-açúcar em todo Brasil. Mas isso somente é possível graças ao suporte ao cultivo oferecido pelos fitossanitários. “Portanto, é correto dizer que os herbicidas são insumos fundamentais para viabilizar a atividade canavieira. Se não tivéssemos a evolução de novos produtos e misturas, além do desenvolvimento de técnicas de aplicação e gestão, teríamos sérios problemas para cultivar numa área tão vasta”, salienta Dib Nunes, diretor do Grupo IDEA.
Caso o produtor descuide do controle das ervas daninhas no canavial pode ter grande prejuízo. A matocompetição reduz drasticamente a produtividade da lavoura, derrubando a rentabilidade do negócio, o que varia de acordo com a planta invasora e o grau de infestação. “Não é à toa que a gestão do controle de plantas daninhas nas usinas brasileiras absorve, anualmente, cerca de meio bilhão de dólares”, sublinha Dib Nunes.
Com o objetivo de difundir informações e trocar experiências sobre esse assunto, o Grupo IDEA organiza o mais tradicional evento sobre controle de ervas daninhas em cana-de-açúcar do país: o Herbishow, que chega à 14ª edição neste ano. O evento começa amanhã, 20 de maio, às 8 horas, e se encerra no dia 21 de maio.
Segundo Dib Nunes, a programação do 14º Herbishow é ampla, atual e aborda os grandes temas relacionados ao controle de plantas invasoras em cana-de-açúcar. “O evento terá palestras variadas, enfocando procedimentos técnicos já consolidados; lançamento de produtos e novas tecnologias que estão surgindo nas usinas para controlar espécies que têm trazido cada vez mais problemas, como as plantas trepadeiras que aumentaram significativamente com a cana crua; novos equipamentos e estratégias de pulverização; e conceitos inovadores de combate às daninhas em cana-de-açúcar.”
O evento também trará casos de sucesso de aplicação de herbicidas em PPI (Pré-Plantio Incorporado); ações de controle das espécies que avançam com o aumento da palha; novas misturas de herbicidas; medidas preventivas e modelo diferenciado de administração do controle de daninhas; e uso de rotação de cultura com soja transgênica para controle das plantas invasoras dos canaviais.
O 14º Seminário sobre Controle de Plantas Daninhas em Cana - Herbishow acontece no Centro de Convenções de Ribeirão Preto. Mais informações em www.ideaonline.com.br.