atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Como obter produtividade e longevidade nos canaviais

Cana-de-Açúcar POR: Diana Nascimento

Condicionadores de solo induzem a uma melhor atividade biológica

Alan Borges e Doroteia Ferreira, ambos da Fertilaqua, mostraram os benefícios obtidos com o uso de condicionadores de solo nos canaviais

 

Compactação do solo, redução dos sistemas radiculares das plantas, baixo aproveitamento de nutrientes via fertilização química e desequilíbrio do solo são problemas que rondam os canaviais.

No entanto, o uso de produtos como condicionadores de solos pode minimizá-los significativamente.

Foi o que mostrou a equipe da Fertilaqua durante a primeira live do dia 25 de junho, intitulada "Produtividade e Longevidade, a solução para o canavicultor" na edição on-line do Agronegócios Copercana.

Clique aqui e assista a live na íntegra

Embora não seja um conceito inovador, a utilização de condicionadores de solo está trazendo benefícios acima do esperado. "Nos últimos cinquenta anos, a cana é a cultura que teve menor acréscimo de produtividade, embora tenha muita tecnologia e inovação. Alguns fatores não deixam toda essa tecnologia empregada responder em produtividade como falhas de plantio, compactação, danos pela colheita mecanizada, intensificação de aplicação de defensivos agrícolas - o que é importante para a produtividade de cana e outros cultivos -, mas resultam em problemas na parte biológica do solo. Temos que entender que não é somente a parte física e química do solo, mas a parte biológica é fundamental para mudar o patamar de produtividade", atentou Alan Borges, gerente de Desenvolvimento de Mercado Cana da Fertilaqua.

Pensando nisso, a empresa destacou os produtos PCP (Programa Construindo Plantas), constituído por dois condicionadores de solo (Longevus Planta e Longevus Soca) que propiciam um ótimo enraizamento em cana-de-açúcar, melhorando a atividade biológica do solo. Outro produto da linha é o Energy Cana, um fertilizante foliar de última geração que conta com ácidos orgânicos e com aminoácidos que estimulam a planta, além do Tensor Max, um adjuvante especial.

A gerente de produto, Doroteia Ferreira, explicou sobre a microbiologia do solo, a importância dos micro-organismos para a relação solo-planta e como os produtos mencionados podem auxiliar na manutenção da produtividade e longevidade do canavial.

No microbioma do solo existem entre 10 milhões a 1 bilhão de células por grama de solo com infinitas funções e extremamente importantes. São responsáveis pela degradação do material orgânico, proteção de plantas, enraizamento, estruturação do solo, retenção de água e promoção do crescimento vegetal, imprescindíveis para que a planta expresse o seu potencial produtivo.

Durante a apresentação foram citadas algumas áreas em que foram utilizados os condicionadores de solo Longevus, tanto em cana planta quanto em cana soca, demonstrando um bom desenvolvimento de raiz e uma melhor conexão biológica da planta.

"Raízes nas áreas com o uso de Longevus é o que não faltam, o que mostra uma conexão entre o sistema radicular e a parte biológica, formando uma rizosfera positiva. Notamos volume e massa de raízes com profundidade quando a planta é estimulada a produzir o hormônio oxina", destacou Doroteia.

Lucas Campase de Souza, coordenador de Desenvolvimento de Mercado, ressaltou os resultados em produtividade. "Tivemos áreas que produziram até 36 toneladas a mais por hectare, dependendo do nível de compactação e da correção química do solo. Em uma média de 96 áreas, houve um incremento de 21% em cana planta. Em outra, numa média de 72 áreas, o incremento em cana soca foi de 18%".

"A importância da linha Longevus é buscar a longevidade, o que traz equilíbrio financeiro para a produção de cana", frisou Marcelo Cambraia, gerente nacional de vendas da Fertilaqua, ao destacar ainda que os produtos da linha PCP estavam com ótimas condições comerciais durante o Agronegócios Copercana.