atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Contra Helicoverpa armigera: Melaço de cana é misturado ao inseticida

03/01/2014 Cana-de-Açúcar POR: Agrolink
A morosidade na liberação de produtos eficientes contra a Helicoverpa armigera tem levado os agricultores a buscar saídas alternativas na batalha contra a praga. Uma solução criativa encontrada é a adição de melaço de cana-de-açúcar ao inseticida pulverizado sobre as lavouras de cana e soja.
Atraída pelo melaço, a mariposa entra em contato com o inseticida e acaba eliminada juntamente com a lagarta, reduzindo a postura de ovos. “Estamos aplicando o melaço mais grosso, que fica grudado na folha e a mariposa morre quando come”, contou o produtor José Oscar Durigan à Revista Safra.
“A lagarta está controlada. Se continuar assim não vai cair [a produtividade]”, calcula o agricultor. Apesar de os custos aumentarem até 30%, a expectativa de Durigan é atingir seis mil toneladas. Ele cultiva soja em 1,5 mil hectares nos municípios de Rio Verde e Montividiu (GO).
  
Autor: Leonardo Gottems
A morosidade na liberação de produtos eficientes contra a Helicoverpa armigera tem levado os agricultores a buscar saídas alternativas na batalha contra a praga. Uma solução criativa encontrada é a adição de melaço de cana-de-açúcar ao inseticida pulverizado sobre as lavouras de cana e soja.
Atraída pelo melaço, a mariposa entra em contato com o inseticida e acaba eliminada juntamente com a lagarta, reduzindo a postura de ovos. “Estamos aplicando o melaço mais grosso, que fica grudado na folha e a mariposa morre quando come”, contou o produtor José Oscar Durigan à Revista Safra.
“A lagarta está controlada. Se continuar assim não vai cair [a produtividade]”, calcula o agricultor. Apesar de os custos aumentarem até 30%, a expectativa de Durigan é atingir seis mil toneladas. Ele cultiva soja em 1,5 mil hectares nos municípios de Rio Verde e Montividiu (GO).
  
Autor: Leonardo Gottems