atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Copercana destina 102 t de embalagens vazias de defensivos agrícolas em 2015

04/03/2016 Noticias do Sistema POR: Por Fernanda Clariano - Revista Canavieiros com informações da inpEV
A quantidade destinada cresceu aproximadamente 7% em relação ao ano anterior
 
O Brasil é referência mundial quando se fala em reciclagem e destinação correta de embalagens vazias de agrotóxicos. Segundo análise do inpEV (Instituto Nacional de Processos de Embalagens Vazias), 45.536 toneladas tiveram um destino adequado no país em 2015. 
Desde 2002, a Uname (Unidade de Grãos da Copercana) recolhe as embalagens vazias de agrotóxicos utilizadas pelos seus cooperados que compreendem a cidade de Sertãozinho-SP e filiais mais próximas como Serrana, Cravinhos, Pontal, Pitangueiras, Dumont, Jardinópolis e Severínia e as destinam para uma Central de Recebimento de Embalagens Vazias de Defensivos Agrícolas situada na cidade de Araraquara-SP, a (Associação das Revendas de Insumos Agrícolas de Araraquara e Região). Para as outras filiais, a Copercana tem convênio com postos de recebimentos nas cidades onde estão alocadas para receberam as embalagens.
Dessa forma, a cooperativa já destinou de modo ambientalmente correto 969.000 toneladas desde 2002. Só no ano passado, foram destinadas 102.000 toneladas, o número indica um crescimento de 7% em relação a 2014 que foi de 96.000 toneladas. 
De acordo com o chefe de comercialização de defensivos e fertilizantes da Uname, Altair Luiz Porcionato, “o principal motivo para dar um destino final correto para as embalagens vazias de agrotóxicos é diminuir o risco de contaminação do meio ambiente, prezar pela qualidade da saúde das pessoas e promover a conscientização e a educação”, disse. 
O Brasil é referência mundial quando se fala em reciclagem e destinação correta de embalagens vazias de agrotóxicos. Segundo análise do inpEV (Instituto Nacional de Processos de Embalagens Vazias), 45.536 toneladas tiveram um destino adequado no país em 2015. 
Desde 2002, a Uname (Unidade de Grãos da Copercana) recolhe as embalagens vazias de agrotóxicos utilizadas pelos seus cooperados que compreendem a cidade de Sertãozinho-SP e filiais mais próximas como Serrana, Cravinhos, Pontal, Pitangueiras, Dumont, Jardinópolis e Severínia e as destinam para uma Central de Recebimento de Embalagens Vazias de Defensivos Agrícolas situada na cidade de Araraquara-SP, a (Associação das Revendas de Insumos Agrícolas de Araraquara e Região). Para as outras filiais, a Copercana tem convênio com postos de recebimentos nas cidades onde estão alocadas para receberam as embalagens.
Dessa forma, a cooperativa já destinou de modo ambientalmente correto 969 toneladas desde 2002. Só no ano passado, foram destinadas 102 toneladas, o número indica um crescimento de 7% em relação a 2014 que foi de 96 toneladas. 
De acordo com o chefe de comercialização de defensivos e fertilizantes da Uname, Altair Luiz Porcionato, “o principal motivo para dar um destino final correto para as embalagens vazias de agrotóxicos é diminuir o risco de contaminação do meio ambiente, prezar pela qualidade da saúde das pessoas e promover a conscientização e a educação”, disse.