atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Difícil recuperação

27/11/2014 Cana-de-Açúcar POR: Valor Econômico
O presidente do conselho de administração da Cosan, Rubens Ometto, avalia que, mesmo que todas as promessas do governo favoráveis ao etanol sejam cumpridas, as usinas vão demorar de quatro a cinco anos para se recuperar. " O setor sucroalcooleiro vem ouvindo conversas e promessas por parte do governo de trazer a gasolina ao preço real de mercado, de volta da cobrança da Cide na gasolina e no diesel e de elevação da mistura de 27,5%. Se tudo isso acontecer, a rentabilidade do setor vai melhorar, mas uma recuperação vai demorar", afirmou o empresário em evento ontem em São Paulo. (Fabiana Batista)
O presidente do conselho de administração da Cosan, Rubens Ometto, avalia que, mesmo que todas as promessas do governo favoráveis ao etanol sejam cumpridas, as usinas vão demorar de quatro a cinco anos para se recuperar.
"O setor sucroalcooleiro vem ouvindo conversas e promessas por parte do governo de trazer a gasolina ao preço real de mercado, de volta da cobrança da Cide na gasolina e no diesel e de elevação da mistura de 27,5%. Se tudo isso acontecer, a rentabilidade do setor vai melhorar, mas uma recuperação vai demorar", afirmou o empresário em evento ontem em São Paulo.