atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Entidade de Marília recebe doação de cadeira de rodas

24/08/2012 Noticias do Sistema POR: Revista Canavieiros - Ed73 - julho de 2012
Gestos simples por um mundo melhor

Por: Paula Venturin – Sicoob Cocred 

E se uníssemos solidariedade com preservação do meio ambiente? Foi com esta ideia inicial que surgiu o Biocoop, projeto de responsabilidade socioambiental que tem trazido grandes benefícios a entidades carentes, além de contribuir com a preservação do meio ambiente. 
Um exemplo disso aconteceu na última semana de junho. Entre todas as cidades com unidade do sistema Copercana, Canaoeste e Sicoob Cocred, Marília foi escolhida para receber a doação de uma cadeira de rodas, resultado da campanha de arrecadação de lacres de latinhas de alumínio, desenvolvida em parceria com a empresa Frato Social e que é promovida entre associados e funcionários do sistema. 
Cooperar por um mundo melhor
Poderia ser um dia comum, mas para os pacientes e profissionais da Mansão Ismael, foi uma ocasião especial. A entidade acolhe 70 pacientes idosos e se mantém principalmente com recursos doados pela comunidade, o que torna um desafio permanente a manutenção da qualidade e continuidade do atendimento que inclui assistência médica, odontológica, psicológica, social e até mesmo jurídica. “É uma alegria para nós receber a doação da cadeira. As que temos já estão muito gastas devido à grande utilidade que elas têm para nossos pacientes”, disse Elise da Silva, membro da diretoria da entidade. 
Márcio Fortunato, gerente do Posto de Atendimento (PA) da Sicoob Cocred de Marília, disse estar muito satisfeito com o resultado da campanha que concretiza o poder da união. “É uma satisfação saber que, além de auxiliar os cooperados em seus negócios, a Sicoob Cocred também se preocupa com o bem estar da comunidade. Este projeto, desenvolvido entre as empresas do sistema é de extrema importância e eu sempre friso isto para os cooperados e funcionários da cooperativa, para que eles continuem a participar da campanha, a cooperar pelo bem de todos”, afirmou Fortunato, que representou o sistema na entrega da cadeira de rodas à entidade. 
Campanha
A encarregada do projeto Biocoop, Milena Talamoni, explica que a campanha de arrecadação dos lacres é permanente. “Esta campanha acontece durante o ano todo e, por isso, contamos com o empenho de todos. Além do valor social destas cadeiras de rodas, o alumínio arrecadado tem o destino correto e deixa de ser descartado de forma imprópria no meio ambiente”, afirma. A bióloga também enfatiza o quanto é fácil participar. “Basta apenas juntar os lacres e levar na unidade mais próxima da Copercana, Canaoeste ou Sicoob Cocred de sua cidade”, diz Talamoni. 
Cada 140 garrafas PET cheias (equivalente a 80kg de alumínio) são trocadas por uma cadeira de rodas que é sorteada entre as cidades que tenham unidade do sistema. 
Se a cidade sorteada tiver apenas unidade da Sicoob Cocred, como foi o caso de Marília, a cadeira de rodas é destinada à cooperativa de crédito, que escolhe qual instituição beneficente receberá a doação.  Caso a cidade sorteada tenha unidade da associação Canaoeste ou das cooperativas Copercana e Sicoob Cocred, é priorizada a cidade que tenha a entidade mais carente. 

E se uníssemos solidariedade com preservação do meio ambiente? Foi com esta ideia inicial que surgiu o Biocoop, projeto de responsabilidade socioambiental que tem trazido grandes benefícios a entidades carentes, além de contribuir com a preservação do meio ambiente. 
Um exemplo disso aconteceu na última semana de junho. Entre todas as cidades com unidade do sistema Copercana, Canaoeste e Sicoob Cocred, Marília foi escolhida para receber a doação de uma cadeira de rodas, resultado da campanha de arrecadação de lacres de latinhas de alumínio, desenvolvida em parceria com a empresa Frato Social e que é promovida entre associados e funcionários do sistema. 
Cooperar por um mundo melhor
Poderia ser um dia comum, mas para os pacientes e profissionais da Mansão Ismael, foi uma ocasião especial. A entidade acolhe 70 pacientes idosos e se mantém principalmente com recursos doados pela comunidade, o que torna um desafio permanente a manutenção da qualidade e continuidade do atendimento que inclui assistência médica, odontológica, psicológica, social e até mesmo jurídica. “É uma alegria para nós receber a doação da cadeira. As que temos já estão muito gastas devido à grande utilidade que elas têm para nossos pacientes”, disse Elise da Silva, membro da diretoria da entidade. 
Márcio Fortunato, gerente do Posto de Atendimento (PA) da Sicoob Cocred de Marília, disse estar muito satisfeito com o resultado da campanha que concretiza o poder da união. “É uma satisfação saber que, além de auxiliar os cooperados em seus negócios, a Sicoob Cocred também se preocupa com o bem estar da comunidade. Este projeto, desenvolvido entre as empresas do sistema é de extrema importância e eu sempre friso isto para os cooperados e funcionários da cooperativa, para que eles continuem a participar da campanha, a cooperar pelo bem de todos”, afirmou Fortunato, que representou o sistema na entrega da cadeira de rodas à entidade. 
Campanha
A encarregada do projeto Biocoop, Milena Talamoni, explica que a campanha de arrecadação dos lacres é permanente. “Esta campanha acontece durante o ano todo e, por isso, contamos com o empenho de todos. Além do valor social destas cadeiras de rodas, o alumínio arrecadado tem o destino correto e deixa de ser descartado de forma imprópria no meio ambiente”, afirma. A bióloga também enfatiza o quanto é fácil participar. “Basta apenas juntar os lacres e levar na unidade mais próxima da Copercana, Canaoeste ou Sicoob Cocred de sua cidade”, diz Talamoni. 
Cada 140 garrafas PET cheias (equivalente a 80kg de alumínio) são trocadas por uma cadeira de rodas que é sorteada entre as cidades que tenham unidade do sistema. 
Se a cidade sorteada tiver apenas unidade da Sicoob Cocred, como foi o caso de Marília, a cadeira de rodas é destinada à cooperativa de crédito, que escolhe qual instituição beneficente receberá a doação.  Caso a cidade sorteada tenha unidade da associação Canaoeste ou das cooperativas Copercana e Sicoob Cocred, é priorizada a cidade que tenha a entidade mais carente