atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Escola itinerante para quem opera as máquinas colhedoras de cana

08/05/2014 Cana-de-Açúcar POR: DCI - Diário do Comércio & Indústria | Bethi Cervi
A Case IH firmou parceria com o Senai-SP e desenvolve a primeira escola móvel com curso profissionalizante de operadores de colhedoras de cana do Brasil.
 
O projeto foi lançado na 21ª Agrishow, realizada em Ribeirão Preto, interior de São Paulo. Primeira do gênero no Brasil, a unidade volante capacitará ex-cortadores de cana e outros profissionais da comunidade agrícola, que aprenderão a operar equipamentos seguindo as normas e os procedimentos técnicos de qualidade, segurança, higiene, saúde e preservação ambiental.
 
A Escola Móvel é resultado de um investimento de R$ 1,8 milhão, realizado pelo Senai com apoio da Case IH, e faz parte de um conjunto de ações para ampliar a competitividade do setor.
 
Parcerias com profissionais de usinas
 
O curso também foi desenvolvido em parceria com os profissionais das usinas. O programa tem carga horária de 80 horas e a unidade móvel tem capacidade para atender até 12 alunos por turma.
 
A escola volante é uma estrutura sobre rodas com três cabines equipadas com simuladores Case IH, que reproduzem comandos idênticos aos de uma colhedora de cana, proporcionando ao aluno a realização de todas as operações de colheita, manobras e testes dos seus implementos.
 
Essa modalidade de treinamento reduz vários custos para o setor, como combustível, desgaste do equipamento e tempo de inatividade. Outra vantagem é que o simulador não depende de condições externas, como clima, por exemplo, e não impacta na operação de colheita.
 
Ambientes de ensino sobre rodas
 
As unidades móveis são ambientes de ensino sobre rodas, que realizam programas de formação profissional destinados a atender à necessidade de capacitação profissional de empresas industriais. Por sua flexibilidade, permitem a realização de cursos em todo o estado, principalmente em regiões onde não há unidades do Senai ou que não desenvolvem as programações solicitadas pelas empresas ou entidades interessadas.
 
A rede escolar do Senai-SP utiliza os serviços das Escolas Móveis como uma estratégia diferenciada em função da facilidade de transporte e de instalação nas usinas. Atualmente, o Senai possui 74 unidades móveis que atendem diversas áreas tecnológicas. As escolas móveis têm 2,5 metros de largura por 15 de comprimento. Algumas são dotadas com avanços laterais expansíveis quando estacionadas.