atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

ETANOL NA ÁSIA

21/06/2019 Etanol POR: Revista Canavieiros
Explosão mundial do etanol é necessária e possível
Por: Marino Guerra
 
Em sua participação no Ethanol Summit o diretor de relações governamentais da Unica, Eduardo Leão de Sousa, mostrou que Brasil, Estados Unidos e União Europeia são responsáveis por 89% do consumo mundial de etanol, dado que mostra a necessidade urgente de abertura do mercado asiático para o biocombustível.
 
Ele ainda fez uma simulação de que se o mundo todo misturasse 15% de etanol na gasolina seria necessário um acréscimo de 125 bilhões de litros o que, segundo os seus cálculos fosse produzido 60% a partir da cana e 40% do milho demandaria um aumento de área de 20 milhões de hectares.
 
Esse número representa apenas 0,4% das terras aráveis de todo o mundo e 1,3% das áreas que já recebem alguma prática agrícola.
 
Mostrando que o ganho de escala mundial do etanol em nada impactará a segurança alimentar mundial.
 
 
Por: Marino Guerra
Em sua participação no Ethanol Summit o diretor de relações governamentais da Unica, Eduardo Leão de Sousa, mostrou que Brasil, Estados Unidos e União Europeia são responsáveis por 89% do consumo mundial de etanol, dado que mostra a necessidade urgente de abertura do mercado asiático para o biocombustível.
Ele ainda fez uma simulação de que se o mundo todo misturasse 15% de etanol na gasolina seria necessário um acréscimo de 125 bilhões de litros o que, segundo os seus cálculos fosse produzido 60% a partir da cana e 40% do milho demandaria um aumento de área de 20 milhões de hectares.
Esse número representa apenas 0,4% das terras aráveis de todo o mundo e 1,3% das áreas que já recebem alguma prática agrícola.
Mostrando que o ganho de escala mundial do etanol em nada impactará a segurança alimentar mundial.