atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Ferramenta Fundamental

01/10/2019 Noticias do Sistema POR: Revista Canavieiros
FERRAMENTA FUNDAMENTAL

Por: Marino Guerra
 
Na sexta feira a Canaoeste promoveu uma importante reunião entre representantes do Grupo Moreno e fornecedores de cana com o objetivo de deixar as claras como funcionará o processo de recuperação judicial solicitado pelo grupo de unidades industriais no dia 19 de setembro.
 
Nele foi explicado que os agricultores com nota emitida antes da data do pedido deverão esperar cerca de seis meses, prazo legal para fechar o trabalho de planejamento da recuperação, para começarem a receber os valores em aberto.
 
Aos que entregarem a cana após a solicitação do pedido, deverão receber na data correta estabelecida em contrato, pois caso contrário, a empresa correrá o risco de ter sua falência decretada.
 
Diante este cenário e representando cerca de 50 produtores de cana associados, a Canaoeste, através do seu time multidisciplinar (envolvendo o aparato jurídico, bem como a produção dos laudos técnicos e periciais para garantir toda transparência ao processo), será uma importante ferramenta para a defesa dos interesses de seus representados, principalmente nesta fase inicial, a qual serão definidos a ordem de pagamento dos credores.
 
A principal mensagem ao final do evento é a de que a empresa conta com os fornecedores e parceiros para continuar de pé, pois em caso de falência, o cenário de caos se instalaria para ambos, isso porque além de se eliminar qualquer previsão de pagamento da dívida e da instabilidade financeira que geraria na região em decorrência do alto número de desempregados, o fechamento, principalmente da unidade de Luiz Antônio, faria com que o valor da terra caísse em decorrência da queda da concorrência por cana.

 
 

Fonte: Revista Canavieiros