atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Fornecedores de cana querem que usinas também paguem pelo bagaço e pela palha

28/02/2013 Cana-de-Açúcar POR: Brasil Agro
Em entrevista ao TV BrasilAgro (www.brasilagro.com.br) veiculada nesta semana, o presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Região Oeste do Estado de São Paulo (CANAOESTE), Manoel Ortolan, reivindica que as usinas paguem pelo bagaço e pela palha da cana. O pleito dos fornecedores têm sido pauta recorrente nas reuniões do Consecana.
Na mesma entrevista, Manoel Ortolan analisa as perspectivas da safra 2013/14 que, na sua opinião, não deve ter níveis de preços diferentes da safra recém concluída. Ele também afirma que os fornecedores aguardam o anúncio de políticas públicas que possam trazer medidas de médio e longo prazo para a efetiva retomada dos investimentos na cadeia produtiva sucroenergética. 
Em entrevista ao TV BrasilAgro (www.brasilagro.com.br) veiculada nesta semana, o presidente da Associação dos Plantadores de Cana da Região Oeste do Estado de São Paulo (CANAOESTE), Manoel Ortolan, reivindica que as usinas paguem pelo bagaço e pela palha da cana. O pleito dos fornecedores têm sido pauta recorrente nas reuniões do Consecana.
Na mesma entrevista, Manoel Ortolan analisa as perspectivas da safra 2013/14 que, na sua opinião, não deve ter níveis de preços diferentes da safra recém concluída. Ele também afirma que os fornecedores aguardam o anúncio de políticas públicas que possam trazer medidas de médio e longo prazo para a efetiva retomada dos investimentos na cadeia produtiva sucroenergética.