Global Agribusiness Forum INSIDE: O mundo sem fome em 2050: Previsibilidade de valores

05/08/2022 Noticias POR: Marino Guerra

Seth Meyer, o economista chefe do USDA: “O cenário atual mostra os custos de produção e o preço para o consumidor final em alta, ou seja, mesmo com o aumento no valor dos alimentos, as margens dos produtores estão menores”

No painel que foi discutido se será possível alimentar toda a população mundial até 2050, o economista chefe do USDA (Ministério da Agricultura dos Estados Unidos), Seth Meyer, abordou um tema pouco falado pelos convidados do evento, a margem dos produtores.

“O cenário atual mostra os custos de produção e o preço para o consumidor final em alta, ou seja, mesmo com o aumento no valor dos alimentos, as margens dos produtores estão menores”, o economista ainda demonstrou receio com a possiblidade de recessão mundial pois se houver desaceleração na demanda, o preço das principais commodities podem entrar num ciclo baixista.

“Com a crescente demanda por alimentos, temos que estar atentos em como será a remuneração dos produtores”.