atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Goiás tem maior produtividade na produção de cana

18/12/2015 Cana-de-Açúcar POR: Folha de S. Paulo
Os produtores de cana-de-açúcar de Goiás conseguem a maior produtividade do país. São 78,6 toneladas de cana por hectare, conforme dados da Conab. Já São Paulo, o líder nacional, tem produtividade de 74,9 toneladas por hectare.
Segundo o órgão público, cinco Estados brasileiros têm produtividade inferior a 50 toneladas por hectare. O pior desempenho é o do Rio de Janeiro, onde a produtividade se restringe a 36,2 toneladas.
A área total de cana no país é de 9 milhões de hectares, e 52% estão no Estado de São Paulo.
A produção total do país fica estável nesta safra 2015/16, somando 659 milhões de toneladas. Nos cálculos da Conab, a produção de açúcar recua para 34,6 milhões de toneladas (2,7% menos do que na anterior), enquanto a de etanol sobe para 29 bilhões de litros, 2% mais.
Soja Mesmo com as perspectivas de vendas maiores de soja da Argentina, devido à redução de imposto nas exportações, a oleaginosa teve alta em Chicago.
Clima O primeiro contrato foi a US$ 8,77 nesta quinta-feira (17), 1,7% mais do que no dia anterior. A alta se deve a preocupações com a produção brasileira, devido a problemas climáticos.
Bem acima Enquanto a Conab prevê safra de 43,2 milhões de sacas de café em 2015, a Safras & Mercado estima o volume em 49,3 milhões. Pelo menos 33,5 milhões de sacas já foram comercializados, segundo a empresa.
*Texto publicado na coluna Vaivém das Commodities.
Mauro Zafalon
Os produtores de cana-de-açúcar de Goiás conseguem a maior produtividade do país. São 78,6 toneladas de cana por hectare, conforme dados da Conab. Já São Paulo, o líder nacional, tem produtividade de 74,9 toneladas por hectare.
Segundo o órgão público, cinco Estados brasileiros têm produtividade inferior a 50 toneladas por hectare. O pior desempenho é o do Rio de Janeiro, onde a produtividade se restringe a 36,2 toneladas.
A área total de cana no país é de 9 milhões de hectares, e 52% estão no Estado de São Paulo.
A produção total do país fica estável nesta safra 2015/16, somando 659 milhões de toneladas. Nos cálculos da Conab, a produção de açúcar recua para 34,6 milhões de toneladas (2,7% menos do que na anterior), enquanto a de etanol sobe para 29 bilhões de litros, 2% mais.
Soja Mesmo com as perspectivas de vendas maiores de soja da Argentina, devido à redução de imposto nas exportações, a oleaginosa teve alta em Chicago.
Clima O primeiro contrato foi a US$ 8,77 nesta quinta-feira (17), 1,7% mais do que no dia anterior. A alta se deve a preocupações com a produção brasileira, devido a problemas climáticos.
Bem acima Enquanto a Conab prevê safra de 43,2 milhões de sacas de café em 2015, a Safras & Mercado estima o volume em 49,3 milhões. Pelo menos 33,5 milhões de sacas já foram comercializados, segundo a empresa.
*Texto publicado na coluna Vaivém das Commodities.
Mauro Zafalon