atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Governo vai liberar subvenção para fornecedores de cana através de MP

20/05/2013 Cana-de-Açúcar POR: Agrolink com informações de assessoria
Em reunião realizada no Ministério da Fazenda, em Brasília, na quinta (16/05) pela manhã, foi encontrada uma solução que garante o pagamento da subvenção da cana aos produtores nordestinos da cana-de-açúcar, referente a safra 11/12.
A decisão foi tomada pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, após reunião com o deputado federal e presidente do PT de Pernambuco Pedro Eugênio, que também é líder da bancada federal do Nordeste no Congresso Nacional.
Pedro Eugênio conduziu as negociações com representantes da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco, Sindicato dos Produtores de Cana de Pernambuco e Associação dos Plantadores de Cana de Alagoas (Asplana/AL).
O presidente da Asplana, Lourenço Lopes, informou que a subvenção deve ser liberada através de Medida Provisória, nos próximos dias, sem o risco de veto: “agora serão tomadas as medidas necessárias, uma vez que o pagamento da subvenção foi autorizado pela presidente Dilma Rousseff para acontecer o mais breve possível”, disse ele.
A boa notícia é que o deputado Pedro Eugênio conseguiu aumentar o valor da subvenção, que seria de R$ 10 para R$ 12 por tonelada de cana, no limite de dez mil toneladas por produtor.
De acordo com Lourenço Lopes o presidente do Congresso Nacional Renan Calheiros também ajudou nas negociações, ligando para o ministro Guido Mantega e marcando a audiência.
A manifestação programada para o próximo dia 20, em São Lourenço da Mata, PE, durante a inauguração da Arena Pernambuco, está mantida, mas ao o invés de protesto, será de agradecimento. "Vamos mostrar a presidente Dilma Roussef que temos força e vamos é claro agradecer pelo seu gesto", afirma Lopes.
Em reunião realizada no Ministério da Fazenda, em Brasília, na quinta (16/05) pela manhã, foi encontrada uma solução que garante o pagamento da subvenção da cana aos produtores nordestinos da cana-de-açúcar, referente a safra 11/12.
A decisão foi tomada pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, após reunião com o deputado federal e presidente do PT de Pernambuco Pedro Eugênio, que também é líder da bancada federal do Nordeste no Congresso Nacional.
Pedro Eugênio conduziu as negociações com representantes da União Nordestina dos Produtores de Cana (Unida), Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco, Sindicato dos Produtores de Cana de Pernambuco e Associação dos Plantadores de Cana de Alagoas (Asplana/AL).
O presidente da Asplana, Lourenço Lopes, informou que a subvenção deve ser liberada através de Medida Provisória, nos próximos dias, sem o risco de veto: “agora serão tomadas as medidas necessárias, uma vez que o pagamento da subvenção foi autorizado pela presidente Dilma Rousseff para acontecer o mais breve possível”, disse ele.
A boa notícia é que o deputado Pedro Eugênio conseguiu aumentar o valor da subvenção, que seria de R$ 10 para R$ 12 por tonelada de cana, no limite de dez mil toneladas por produtor.
De acordo com Lourenço Lopes o presidente do Congresso Nacional Renan Calheiros também ajudou nas negociações, ligando para o ministro Guido Mantega e marcando a audiência.
A manifestação programada para o próximo dia 20, em São Lourenço da Mata, PE, durante a inauguração da Arena Pernambuco, está mantida, mas ao o invés de protesto, será de agradecimento. "Vamos mostrar a presidente Dilma Roussef que temos força e vamos é claro agradecer pelo seu gesto", afirma Lopes.