atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Guarani pode processar 18 milhões de toneladas de cana na atual safra

19/09/2012 Cana-de-Açúcar POR: Valor Econômico
A moagem de cana-de-açúcar da Guarani, empresa sucroalcooleira controlada pela Tereos Internacional, pode alcançar 18,4 milhões de toneladas neste ciclo 2012/13, informou hoje o presidente da companhia, Jacyr Costa Filho.
Segundo o executivo, esse desempenho será alcançado se houver alguma normalização das chuvas nos próximos meses. "A falta de chuvas ajuda a colheita, mas também traz alguns problemas operacionais, como proibição de queima de cana e superaquecimento de máquinas", afirmou Costa Filho.
Até o momento, a empresa já processou 65% do volume de cana previsto na última estimativa, que foi de 18,2 milhões de toneladas. O presidente da Guarani ressalvou, contudo, que se o clima continuar muito seco, a moagem pode recuar para 18 milhões de toneladas.
Para o próximo ciclo, o 2013/14, o executivo disse que a lavoura de cana está em boas condições, mas também vai precisar de chuvas para se desenvolver. "A Guarani plantou 56 mil hectares de cana e, certamente, o potencial é para aumento de moagem no próximo ano", disse ele. No total, a empresa detém 280 mil hectares de cana entre áreas próprias e de fornecedores.
Sem informar os números, Costa Filho disse ainda que ampliou a posição de hedge de açúcar da Guarani para esta safra. A empresa só divulga esses dados no fim do trimestre. "Os preços do açúcar atuais estão dentro do previsto pela empresa. Vamos aguardar como se dará a questão climática na Índia", disse ele.