atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Marcas propõem tecido feito de banana e cana-de-açúcar

23/07/2012 Cana-de-Açúcar POR: Folha de S. Paulo
O Move (Movimento pela Livre Escolha), que representa marcas como Nike, Adidas e Puma, ofereceu ao governo o desenvolvimento de um tecido feito de cana-de-açúcar ou de outro símbolo nacional, a banana, para ser usado na Copa e na Olimpíada.

O presente, pensado sob medida para agradar ao governo brasileiro, é o mais recente capítulo do lobby que as gigantes de produtos esportivos vêm fazendo em Brasília e Berna, capital da Suíça, contra barreiras comerciais a produtos da Ásia.

A entidade, criada em 2010, meses depois de a Câmara de Comércio Exterior sobretaxar em US$ 13,85 os pares de calçados vindos da China, sugere que o novo tecido seja usado nas roupas do comitê de recepção dos eventos, divulgando o Brasil e beneficiando a imagem das empresas.

Também foram sugeridos investimentos em capacitação e combate à pirataria.

"Este é um bom mote para se trabalhar com o governo", diz André Raduan, diretor-executivo do Move.

Em setembro, Raduan participará de um encontro da Federação Internacional da Indústria de Artigos Esportivos (WFSGI, na sigla em inglês).

Em 2011, a federação fez referência ao Brasil em um comunicado favorável à abertura comercial para promoção do acesso ao esporte.

"Qualquer governo seria mal aconselhado a aceitar o papel de ser sede da Olimpíada e da Copa do Mundo enquanto fecha suas fronteiras de comércio para a indústria global de artigos esportivos."

Números

R$ 5 bilhões é o faturamento anual das marcas associadas no Brasil

9 companhias fazem parte do movimento criado em 2010