atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Moagem de cana alcança 5,8 milhões de toneladas em MS

31/05/2013 Cana-de-Açúcar POR: Comunicação Biosul
O volume de cana-de-açúcar processado pelas unidades produtoras de Mato Grosso do Sul totalizou 2.5 milhões de toneladas na primeira quinzena de maio, ante 1,9 milhões de toneladas verificadas no mesmo período da safra 2012/2013. Segundo dados da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul), o volume apresentou aumento considerável de 35,92% a mais em relação a primeira quinzena de maio da safra 2012/2013.
No acumulado desde o início da atual safra até 15 de maio, a moagem alcançou 5,8 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. Esse volume é 113,75% superior aquele verificado em 2012 (2,7 milhões de toneladas).
Para o presidente da Biosul, Roberto Hollanda Filho, os números refletem as más condições climáticas do mesmo período do ano passado, o que justifica a variação positiva desta quinzena "A variação de 113% em cana não deve ser levada em conta, pois o início da safra passada foi muito prejudicado pelas chuvas, ainda assim, o indicador de 35% a mais de cana processada se confrontarmos a primeira quinzena de maio dessa safra com a safra passada é um resultado positivo", destacou.
Quanto a produção de etanol e açúcar Roberto Hollanda informa que na primeira quinzena de maio, a maior parte da cana processada, 70,24%, destinou-se à produção deetanol, percentual superior aos 62,26% observados na mesma data da safra 2012/2013.
A fabricação de açúcar, por sua vez, somou 90,4 mil toneladas nos primeiros 15 dias de maio e 201mil toneladas no acumulado desde o início da safra 2013/2014.
Clarissa de Faria
O volume de cana-de-açúcar processado pelas unidades produtoras de Mato Grosso do Sul totalizou 2.5 milhões de toneladas na primeira quinzena de maio, ante 1,9 milhões de toneladas verificadas no mesmo período da safra 2012/2013. Segundo dados da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul), o volume apresentou aumento considerável de 35,92% a mais em relação a primeira quinzena de maio da safra 2012/2013.
No acumulado desde o início da atual safra até 15 de maio, a moagem alcançou 5,8 milhões de toneladas de cana-de-açúcar. Esse volume é 113,75% superior aquele verificado em 2012 (2,7 milhões de toneladas).
Para o presidente da Biosul, Roberto Hollanda Filho, os números refletem as más condições climáticas do mesmo período do ano passado, o que justifica a variação positiva desta quinzena "A variação de 113% em cana não deve ser levada em conta, pois o início da safra passada foi muito prejudicado pelas chuvas, ainda assim, o indicador de 35% a mais de cana processada se confrontarmos a primeira quinzena de maio dessa safra com a safra passada é um resultado positivo", destacou.
Quanto a produção de etanol e açúcar Roberto Hollanda informa que na primeira quinzena de maio, a maior parte da cana processada, 70,24%, destinou-se à produção deetanol, percentual superior aos 62,26% observados na mesma data da safra 2012/2013.
A fabricação de açúcar, por sua vez, somou 90,4 mil toneladas nos primeiros 15 dias de maio e 201mil toneladas no acumulado desde o início da safra 2013/2014.
Clarissa de Faria