atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

MS processa 3 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na segunda quinzena de outubro

10/11/2015 Cana-de-Açúcar POR: Assessoria de Imprensa Biosul 09/11/15
A Biosul - Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul, apresentou os dados da safra 2015/2016 com moagem até 31 de outubro. O acompanhamento da safra de cana-de-açúcar no MS é informado quinzenalmente, a safra começou em abril/2015 e deve seguir até janeiro/2016.
O volume acumulado de cana-de-açúcar processada até o momento é de 34,9 milhões de toneladas, 8,57% maior em relação ao mesmo momento na safra anterior. 
Na segunda quinzena de outubro foram processadas 3 milhões de toneladas de cana, 10,22% maior que no mesmo período na safra passada. 
O índice que mede a qualidade da matéria prima, o ATR/TC (Açúcares Totais Recuperáveis por tonelada de cana) atingiu 131,22 kg no acumulado, volume praticamente igual que o da safra passada e na quinzena, atingiu 136,39kg.
Até a segunda quinzena de outubro foram produzidas 1,10 milhão toneladas de açúcar, quantidade um pouco menor que a produção registrada anteriormente, que foi de 1,11 milhão de toneladas.
Dados referentes à produção de etanol registram que o acumulado até 31 de outubro foram produzidos 536,61 milhões de litros de etanol anidro e 1,714 bilhão de litros deetanol hidratado, resultando 2,25 bilhões de litros de biocombustível produzido, volume 12,5% maior que na safra 2014/2015.
Segundo o Presidente da Biosul Roberto Hollanda: "Apesar da chuva acima da média histórica, as usinas conseguiram moer 3 milhões de toneladas. Com essa produção chegamos a 75% da moagem da cana-de-açúcar estimada para essa safra 2015/16."
A Biosul - Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul, apresentou os dados da safra 2015/2016 com moagem até 31 de outubro. O acompanhamento da safra de cana-de-açúcar no MS é informado quinzenalmente, a safra começou em abril/2015 e deve seguir até janeiro/2016.
O volume acumulado de cana-de-açúcar processada até o momento é de 34,9 milhões de toneladas, 8,57% maior em relação ao mesmo momento na safra anterior. 
Na segunda quinzena de outubro foram processadas 3 milhões de toneladas de cana, 10,22% maior que no mesmo período na safra passada. 
O índice que mede a qualidade da matéria prima, o ATR/TC (Açúcares Totais Recuperáveis por tonelada de cana) atingiu 131,22 kg no acumulado, volume praticamente igual que o da safra passada e na quinzena, atingiu 136,39kg.
Até a segunda quinzena de outubro foram produzidas 1,10 milhão toneladas de açúcar, quantidade um pouco menor que a produção registrada anteriormente, que foi de 1,11 milhão de toneladas.
Dados referentes à produção de etanol registram que o acumulado até 31 de outubro foram produzidos 536,61 milhões de litros de etanol anidro e 1,714 bilhão de litros deetanol hidratado, resultando 2,25 bilhões de litros de biocombustível produzido, volume 12,5% maior que na safra 2014/2015.
Segundo o Presidente da Biosul Roberto Hollanda: "Apesar da chuva acima da média histórica, as usinas conseguiram moer 3 milhões de toneladas. Com essa produção chegamos a 75% da moagem da cana-de-açúcar estimada para essa safra 2015/16."