atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Nosso Campo mostra o aumento da produção da cana-de-açúcar

21/06/2015 Cana-de-Açúcar POR: Portal G1
O Nosso Campo exibido no dia 21/06 mostrou que neste ano de 2015 a cana está mais produtiva.
Caminhões e mais caminhões saem carregados de cana de açúcar, direto para usinas de açúcar e etanol. 
Segundo a Unica - União da Indústria da Cana-de-açúcar, a estimativa para a safra 2015/2016 é de 590 milhões de toneladas, crescimento de mais de 18 milhões de toneladas.
Com a chuva e as condições climáticas favoráveis a cana se desenvolveu muito mais do que no ano passado. O agricultor Roberto Bispo escolheu o município de Araçatuba, para investir na cultura. Ele diz estar animado com o canavial se desenvolvendo e a produção aumentando.
Na usina em Clementina, por dia são moídas 40 toneladas de cana-de-açúcar. Até o final do ano, serão 10 milhões de toneladas, 15%  mais que na última safra. A região cenro-sul do país deve produzir 26 bilhões de litros de etanol e 32 milhões de toneladas de açúcar.
Antônio César Salibe, Presidente da União dos Produtores, conta que  a moagem dessa quantidade de cana, dependerá das condições climáticas e do estado das usinas, com isso,  ele espera que não haja  atraso no processo de produção.
O Nosso Campo exibido no dia 21/06 mostrou que neste ano de 2015 a cana está mais produtiva.
Caminhões e mais caminhões saem carregados de cana de açúcar, direto para usinas de açúcar e etanol. 
Segundo a Unica - União da Indústria da Cana-de-açúcar, a estimativa para a safra 2015/2016 é de 590 milhões de toneladas, crescimento de mais de 18 milhões de toneladas.
Com a chuva e as condições climáticas favoráveis a cana se desenvolveu muito mais do que no ano passado. O agricultor Roberto Bispo escolheu o município de Araçatuba, para investir na cultura. Ele diz estar animado com o canavial se desenvolvendo e a produção aumentando.
Na usina em Clementina, por dia são moídas 40 toneladas de cana-de-açúcar. Até o final do ano, serão 10 milhões de toneladas, 15%  mais que na última safra. A região cenro-sul do país deve produzir 26 bilhões de litros de etanol e 32 milhões de toneladas de açúcar.
Antônio César Salibe, Presidente da União dos Produtores, conta que  a moagem dessa quantidade de cana, dependerá das condições climáticas e do estado das usinas, com isso,  ele espera que não haja  atraso no processo de produção.