atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Passado e futuro de excelência

14/11/2017 Noticias do Sistema POR: Revista Canavieiros
Manoel Sérgio Sicchieri é premiado pela sua carreira dentro do sistema Copercana, Canaoeste e Sicoob Cocred
Por: Marino Guerra

Excelência não é uma palavra que pode definir o atual momento político e econômico que o país e o setor vivem. Definitivamente as palavras corrupção, desemprego e falência pouco combinam com esse adjetivo.

Somente um desconectado da realidade criaria uma premiação, nesse momento de caos, chamada “Noite da Excelência”. E foi justamente isso que a equipe da AR Empreendimentos fez, e deu certo. Em meio às trevas, a organização conseguiu peneirar importantes fragmentos de excelência ao premiar profissionais e instituições consagradas, que com certeza serão os líderes da importante expedição, iniciada recentemente, de maneira muito nebulosa, mas já visível, em direção à luz da prosperidade localizada no fim do túnel.

Dentre as instituições homenageadas no evento, que aconteceu dia 27 de setembro, em Sertãozinho, estão a Copercana e o Ceise. As lideranças premiadas foram: o prefeito de Sertãozinho, Zezinho Gimenez; o assessor das diretorias da Copercana, Canaoeste e Sicoob Cocred, Manoel Sérgio Sicchieri e a empresária e presidente do Lide (Grupo de Líderes Empresariais) Mulher Agronegócio, Cláudia Tonielo; além de empreendedores, de outros setores, que também contribuem para o desenvolvimento econômico da região.

Para Manoel Sérgio Sicchieri, que recebeu duas premiações, uma representando a Copercana e a outra em decorrência de sua trajetória profissional de mais de 40 anos na cooperativa, o momento é de se concentrar e trabalhar duro para colocar não só o setor, mas o país, no rumo do crescimento novamente. “Em 40 anos atuando dentro de uma cooperativa, eu passei por crises tão severas como a que estamos vivendo, mas com trabalho duro pude participar de muita coisa importante. Só para citar duas eu coloco o crescimento da Copercana, e também a Sicoob Cocred, que hoje é uma das cooperativas de crédito mais respeitadas do Brasil”.

Em conversa exclusiva para a Revista Canavieiros, o prefeito de Sertãozinho, Zezinho Gimenez, falou sobre o projeto governamental que pode trazer uma era de excelência no setor, o Renovabio, projeto do Ministério de Minas e Energia, que finalmente colocará na matriz energética brasileira o segmento de negócio que há séculos era conhecido como açucareiro, evoluiu e se tornou sucroalcooleiro, sendo hoje chamado de agroenergético e que carrega uma das bandeiras mais respeitadas pela sociedade evoluída dos tempos atuais, a da energia limpa.

O principal ponto de atenção do líder do poder Executivo de um dos principais polos da indústria de máquinas e equipamentos do setor, é sobre o entendimento político ligado ao programa. Na visão dele, do ponto de vista técnico, principalmente depois do que viu participando da Fenasucro, o Renovabio encontra-se em um estado de maturação muito evoluído, porém sob o prisma político, faltam algumas lideranças abraçarem a causa, principalmente prefeitos de cidades que não são tão dependentes do setor, como é Sertãozinho, mas que a sua evolução trará muitos benefícios para engrossar o coro e pressionar o Palácio do Planalto no encaminhamento do texto ao Congresso Nacional.

O prefeito também atentou sobre o valor “ambiental” que o etanol tem agregado e que é pouco reconhecido e a importância do programa para criar essa consciência, tanto no mercado interno como no externo. “Os consumidores só abastecem com etanol se ele chegar aos 70% da gasolina, não pode ser só isso, tem que agregar a importância do etanol no sentido de combate aos vários problemas ambientais que o efeito estufa está causando”.