atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Pelo 6º ano consecutivo, Sicoob Cocred em Ação, Copercana e Canaoeste promovem show em prol do Hospital do Câncer de Barretos

09/05/2012 Noticias do Sistema POR: Revista Canavieiros
Carla Rossini
 
O show com os cantores Victor e Leo reuniu aproximadamente 1000 pessoas em Sertãozinho
 
O objetivo de tratar com dignidade pacientes vítimas de câncer sem nenhum recurso financeiro, fez com que empresários, artistas e cidadãos conscientes de sua responsabilidade social acreditassem na seriedade do projeto da Fundação Pio XII (Hospital do Câncer de Barretos) e investissem recursos para ajudar a manter a instituição. Pelo 6º ano consecutivo, a Sicoob Cocred em Ação, Copercana e Canaoeste promoveram um show em prol do hospital. Em 2012, foi a vez da dupla Victor e Leo subirem ao palco e serem aplaudidos por aproximadamente 1000 pessoas. Os cantores, muito simpáticos e atenciosos com os fãs, cantaram seus sucessos durante mais de 2 horas.
 
O show foi realizado na noite do dia 05 de abril, no Clube de Campo Vale do Sol, em Sertãozinho. Nas edições anteriores, participaram do evento os cantores:
1)     Chitãozinho e Xororó (2007)
2)     Leonardo (2008)
3)     Daniel (2009)
4)     Zezé di Camargo e Luciano (2010)
5)     Sérgio Reis e Renato Teixeira (2011)
 
O presidente da Copercana e Sicoob Cocred, Antonio Eduardo Tonielo, lembrou da importância do evento para as pessoas que necessitam de tratamento no hospital. “É importante a participação de todos vocês nesta noite. Agradeço os parceiros, as empresas, os cooperados e também os voluntários que estão trabalhando para que tudo ocorra bem”, disse Tonielo, que também agradeceu os cantores: “É um prazer recebermos Victor e Leo em Sertãozinho, principalmente para cantarem seus sucessos em prol de uma causa tão nobre”, concluiu.
 
Segundo Tonielo, em 2012, aproximadamente R$ 350 mil serão repassados ao hospital. “Esse recurso que repassamos ao hospital ajuda no pagamento das despesas. Se cada um doar um pouquinho, conseguimos arrecadar recursos que são muito válidos ao hospital”, disse Tonielo.
 
O diretor do Hospital do Câncer de Barretos, Henrique Prata, ressaltou a importância da realização do evento. “Todas as ações em prol do hospital são bem vindas e contribuem muito para que possamos continuar a atender as pessoas que precisam dos cuidados realizados pela Fundação Pio XII. Não temos palavras suficientes para agradecer essa colaboração de todos vocês”, disse Prata.
 
O Hospital
 
Excelência em oncologia, o Hospital de Câncer de Barretos possui 70.000 m², registra 3.500 atendimentos por dia, todos 100% SUS. Mesmo com o déficit mensal de R$ 5,5 milhões, o hospital acolhe pacientes de todo o Brasil com profissionalismo e humanização (o grande diferencial da instituição), recebendo 11.000 casos novos por ano. Em 2000, a instituição foi escolhida pelo Ministério da Saúde como o melhor hospital público do país, em 2007 foi certificado pela ONA (Organização Nacional de Acreditação Hospitalar) e em 2009 tornou-se Acreditado Pleno Nível II.
 
O Hospital encerrou o ano de 2011 com 549.104 atendimentos realizados a 97.630 pacientes advindos de 1.527 municípios de todos os 27 estados do país (e o Distrito Federal), um recorde de cobertura. No Hospital São Judas Tadeu (a Unidade de Cuidados Paliativos e Controle da Dor) foram registrados 6.984 atendimentos e no Hospital de Câncer de Jales, de junho (inauguração) até dezembro de 2010, foram realizados 26.664 atendimentos, a 4.966 pacientes, advindos de 165 municípios e 10 estados.
 
O Instituto de Prevenção conta com 6 unidades móveis e duas unidades fixas (Barretos e Juazaeiro). As Unidades Móveis realizam exame de mama (64.604 exames), colo uterino (26.727), pele e próstata (5.821) com a população de 7 estados brasileiros (SP, MG, MS, MT, GO, RO e BA). No ano de 2011, as unidades somadas realizaram 131.505 atendimentos, todos eles, 100% SUS.
 
Ao todo, o Hospital de Câncer de Barretos reúne 250 médicos que trabalham em tempo integral e dedicação exclusiva e mais de 2.500 colaboradores. São mantidos 13 alojamentos (sendo 2 infantis) para 650 pacientes e seus acompanhantes oferecidos gratuitamente e são servidas 6.000 refeições diárias.