atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Plataforma de negócios, conhecimento e novas tecnologias, FENASUCRO apresenta soluções para cadeia produtiva da cana-de-açúcar

01/08/2014 Cana-de-Açúcar POR: Phábrica de Ideias – Assessoria de imprensa da Fenasucro
Evento acontece de 26 a 29 de agosto de 2014, no Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho.
 
Ribeirão Preto, 31 de julho de 2014: Entre os dias 26 e 29 de agosto, a 22ª edição da Fenasucro (Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética) apresenta para o setor sucroenergético a principal plataforma de geração de novos negócios e soluções para toda cadeia produtiva da cana-de-açúcar, que estará reunida no Centro de Eventos Zanini, na cidade de Sertãozinho, interior de São Paulo. A Feira será um grande palco de fomento para discussões sobre o mercado por meio de palestras, seminários, debates e reuniões que contarão com a presença das principais entidades de classe e profissionais renomados que disseminarão novas informações sobre o cenário sucroenergético. 
O evento tem como objetivo apresentar as mais novas soluções, tecnologias e serviços para alavancar a produtividade e elevar a eficiência do setor sucroenergético. A expectativa de público, segundo a organização, é de 33 mil visitantes compradores das seguintes áreas da indústria: armazenamento, agricultura, produção industrial, caldeiraria, automação, logística, petróleo e gás, construção civil, engenharia, e energias renováveis, que poderão conferir as novidades entre as mais de 1000 marcas em exibição.
Durante coletiva de imprensa, realizada no dia 31 de julho, em Ribeirão Preto, a organização da Fenasucro – Reed Exhibitions Alcantara Machado, em parceria com o realizador – CEISE Br (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis), anunciou outros números referentes à 22ª edição. O pré-credenciamento online já apresenta aumento de 200% comparado ao mesmo período do ano passado. Deste montante, 64% dos pré-credenciados possuem cargos de liderança nas empresas representadas. “Mais de 20% dos nossos pre-credenciados apresentam poder de compra de mais de R$ 1 milhão. Estamos com boas expectativas quanto à intenção de compra dos visitantes e, por isso, esperamos manter a geração de negócios em 2,2 bilhões neste ano”, aponta o diretor da Fenasucro Gabriel Godoy. A Fenasucro, tradicionalmente, atrai a presença de compradores internacionais, sendo que, neste ano, representantes de 28 países já estão confirmados.
O presidente do CEISE Br, Antonio Eduardo Tonielo Filho, e o presidente de honra da Fenasucro, Antonio Eduardo Tonielo, afirmaram, na coletiva, que, apesar da crise, a Fenasucro acontece em um momento oportuno. “A crise pressiona a necessidade de aumento de eficiência, e a feira reúne as maiores e melhores tecnologias, inovações em máquinas, equipamentos e serviços para agroindústria da cana”, destacou Tonielo Filho. Para ele, a indústria de base do setor sucroenergético, principalmente as empresas de Sertãozinho – principal polo fornecedor às usinas, a tendência da Fenasucro está voltada à geração de energia. “Muitas indústrias estão investindo em tecnologias para aumentar a produção e a produtividade das usinas, associada à eficiência energética”, ressaltou o presidente do CEISE Br.
Programa especial para compradores e atendimento VIP
Outra novidade da 22ª Fenasucro são os programas Premium Club e VIP que receberão juntos, mais de 1.500 compradores, além de personalidades e líderes do setor. “Os Programas tem como objetivo fomentar a geração de negócios e receber de forma diferenciada os grandes compradores que pretendem visitar o evento. É uma forma de estreitar relacionamentos com compradores de alto poder de compra e trazer um público realmente especializado para a Feira”, explica Gabriel Godoy. 
A Fenasucro também receberá caravanas procedentes de 28 cidades, trazendo ao evento aproximadamente 1.500 profissionais do setor, de mais de 40 usinas.
Novidades na Infraestrutura
Neste ano, a infraestrutura do Centro de Eventos Zanini foi revitalizada, acompanhando o crescimento da Feira de Tecnologia Sucroenergética. A 22ª edição apresentará o Espaço de Conferências Fenasucro, anexo ao pavilhão dos expositores, que sediará a maioria das palestras, debates, conferências, entre outros eventos de conteúdo e deve atender mais de 1.600 convidados. O local conta com estrutura para coffee break, banheiros, área VIP, deck com paisagismo e credenciamento. Já o outro espaço, o Orquídeas, será direcionado para receber os convidados VIPs da feira e dos parceiros. Outro destaque é o Estande das Novidades, onde estarão concentradas as descrições e imagens dos principais lançamentos da Fenasucro, facilitando a busca dos compradores junto aos estandes dos expositores. 
A praça de alimentação, que contará com wi-fi gratuito, também recebeu investimentos no layout e na diverisificação das opções. Sete novas e renomadas marcas estão confirmadas, como: Bob’s, Sandelícia, Texas Grill, Tropical Sucos e Lanches, Kibon, Açaí, Água de Coco, Mimi Espetinhos e Casa do Pão de Queijo.
As melhorias também contemplaram o sistema hídrico da Feira, que dobrou a capacidade do armazenamento de água no recinto. Outras mudanças ocorreram no sistema de esgoto e nos banheiros, assim como no estacionamento do pavilhão, que foi repaginado. Foram criados acessos e bolsões específicos para expositores e visitantes.
Debates e discussões em um só local
Todas as manhãs, das 08h às 13h, a Fenasucro será palco de debates e discussões sobre o setor. Para isso, acontecerão eventos de conteúdo como a 3ª Conferência Datagro CEISE Br, Reunião Gerhai, Seminário Agroindustrial STAB Fenasucro, Seminário GEGIS, 2º Congresso de Automação e Inovação Tecnológica Sucroenergética, Encontro de Produtores Canaoeste/Orplana, Rodada de Negócios Internacional APLA/Apex, Rodada de Negócios organizada pelo FIESP e SEBRAE e Seminário de Transporte e Logística ESALQ Log.
Presente na coletiva de imprensa, o presidente da Datagro, Plínio Nastari, antecipou temas que serão debatidos durante a conferência. “Vamos analisar a situação do setor aqui no Brasil com todos os seus prós e desafios atuais, sua situação nas geografias principais que são China,  Tailândia, Índia, Rússia, União Europeia, México, Estados Unidos e Colômbia. Apresentaremos conteúdo sobre os desafios do setor diante da nova realidade que está sendo atravessada com a mecanização da colheita e do plantio, trazendo uma série de fatores novos de controle e atenção, tanto na área agrícola quanto na área industrial”, alerta Nastari.
Ele ainda afirmou que o Brasil continua sendo o principal fundamento do mercado, representando 48% das exportações mundiais de açúcar, além de ser o segundo maior produtor e um dos maiores exportadores de etanol do mundo. De acordo com ele, o etanol deve ser o símbolo de recuperação do setor. “Etanol e tecnologia automotiva desenvolvida no Brasil que começa a ser transferida e vista como solução de outros países: Índia já definiu meta de adição de etanol na gasolina de 10% e o país está olhando muito de perto a possibilidade de transferência de tecnologia flex. Outros países da América do Sul e Central já estão olhando a possibilidade de ampliação de produção de etanol tanto na produção local quanto na exportação, principalmente para os EUA, tendo em vista programas como o da Califórnia que começa a ser estendido para outros 11 estados norte-americanos, onde combustíveis de baixo carbono, como é o caso do etanol de cana, são valorizados. Essas geografias estão de olho nessas soluções, por isso que esses países acabam vindo à Fenasucro para conhecer tecnologia desenvolvida aqui no Brasil de produção de etanol e bioeletrecidade. O setor caminha cada vez mais veloz na diversificação da cogeração e do aproveitamento da energia integral da cana de açúcar”, revela Nastari. Segundo ele, ainda haverá decisões que deverão ser tomadas a nível de política federal, que incentivarão a correção e a revalorização do etanol como combustível limpo e renovável, gerador de desenvolvimento. “Pois, não estamos apenas falando de combustível líquido, energia elétrica e açúcar. Estamos falando de um processo de um programa de desenvolvimento econômico”, completou.
 Além do Espaço Conferências Fenasucro, que fomentará temas sobre a atualidade do setor, a Fenasucro terá o “Museu da Cana”, estabelecendo um paralelo entre o passado e o presente do setor, com a exibição de amostras do Instituto Cultural Engenho Central de Sertãozinhho.
Novos setores na Fenasucro
Dividida em setores e atenta às novas possibilidades e demandas na cadeia produtiva da cana, a Fenasucro também anunciou que entre as novidades está o setor de Transporte e Logística, que passou por completa reformulação com a criação de sub-setores inéditos como Armazenamento, Equipamentos de Proteção Individual e Automação.
Fenasucro em números
 
- 550 expositores nacionais e internacionais 
 
- Mais de mil marcas expostas 
 
- Área de exposição de 75 mil m²
 
- Feira dividida em quatro setores e três subsetores 
 
- Aproximadamente 33 mil visitantes
 
- 64% dos visitantes credenciados: cargo de liderança nas empresas 
 
- 20% dos credenciados apresentam poder de compra de mais de R$ 1 milhão 
 
- Visitantes confirmados de 28 países
 
- 28 caravanas de áreas estratégicas da região. Aproximadamente 1.500 pessoas de mais de 40 usinas. 
 
- Programa Premium Club e VIP: mais de 1.500 compradores
 
- Praça de Alimentação: sete novas marcas
 
FENASUCRO – Perfil
Periodicidade: anual
Edição: 22ª edição
Realização: 26 a 29 de agosto de 2014
Horário: das 13h às 20h
Local: Centro de Eventos Zanini, Marginal João Olézio Marques, 3.563, Sertãozinho – São Paulo – Brasil
 
PERFIL DOS VISITANTES
-Profissionais e técnicos do setor (usinas e destilarias)
-Industriais
-Presidentes e Diretores das indústrias
-Compradores 
-Comerciantes
-Produtores rurais 
 
CRONOGRAMA
 
25 de agosto
19h30 – Prêmio MasterCana Centro Sul 
 
26 de agosto
08h às 13h: 3ª Conferência Datagro CEISE Br 
08h às 14h: Reunião Gerhai
08h às 13h: 2ª Congresso de Automação e Inovação Tecnológica Sucroenergética 2014
12h30: Abertura Oficial da 22ª Fenasucro 
13h às 20h: Exposição e Visitação 
20h: Fechamento
 
27 de agosto
08h às 13h: 2ª Congresso de Automação e Inovação Tecnológica Sucroenergética 2014
08h às 13h: Seminário Agroindustrial STAB      
13h às 20h: Exposição e Visitação 
20h: Fechamento
 
28 de agosto
08h às 13h: Seminário Agroindustrial STAB      
08h às 13h: Seminário GEGIS
13h30 às 19h30: 1º Encontro Cana Substantivo Feminino
13h às 20h: Exposição e Visitação 
20h: Fechamento
 
29 de agosto 
08h às 13h: Encontro de Produtores Canaoeste/Orplana
08h às 13h: 2º Seminário de Transporte e Logística Esalq-Log
13h às 20h: Exposição e Visitação 
20h: Fechamento
 
Sobre o CEISE Br
O CEISE Br – Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis atua nacionalmente como entidade representante da indústria de máquinas, equipamentos, bens de capital, serviços, insumos, e tecnologias agrícola e industrial da cadeia produtiva da cana-de-açúcar e biocombustíveis. Na década de 80, motivado pelo grande potencial industrial que a cidade de Sertãozinho (SP) exercia, lançou a primeira feira do setor sucroenergético que, anos depois, tornou-se o maior evento mundial da cadeia, a Fenasucro – Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética. Em 2014, a instituição realiza a 22ª edição da feira que, ao longo dos anos, fomentou inúmeras oportunidades de negócios, promovendo o contato mais próximo entre empresa e cliente, compradores e fornecedores, além de mostrar ao mundo o quanto a cana-de-açúcar e a sua indústria são importantes para a economia brasileira, através da produção do etanol – um combustível limpo, renovável, autossustentável e gerador de empregos.
Sobre a Reed Exhibitions Alcantara Machado
Criada em 2007, a Reed Exhibitions Alcantara Machado é resultado da joint-venture entre a maior promotora de feiras do mundo, a Reed Exhibitions, presente no Brasil desde 1997, e a maior da América Latina, a Alcantara Machado Feiras de Negócios, fundada em 1956 e líder no mercado latino americano.  Com eventos em 34 setores ativos da economia, no biênio 2010-2011 a empresa realizou somente no Brasil 57 grandes Feiras de Negócios e Consumo, ocupando assim o 1º lugar em quantidade de eventos, volume de visitantes e compradores, e metragem total de expositores, dentre as empresas associadas à UBRAFE (União Brasileira dos Promotores de Feira). 
Sobre a Reed Exhibitions
A Reed Exhibitions é a principal organizadora de eventos do mundo, reunindo mais de 6 milhões de profissionais ao redor do planeta, gerando bilhões de dólares em negócios. Hoje, 500 eventos da Reed estão presentes em 39 países, distribuídos pelas Américas, Europa, Oriente Médio e Ásia e organizados por 33 escritórios próprios que empregam mais de 3 mil funcionários.
A Reed Exhibitions pertence à Reed Elsevier Group, uma companhia listada entre as TOP 100 da Bolsa de Valores de Londres, e que apresentou em 2012 um total de £6,002Bi (ou €6,902Bi). O Grupo Reed Elsevier é líder na geração de soluções de informação profissional nos setores de Ciência e Medicina, Direito, Análise de Riscos, Educação e Negócios em Geral. 
Sobre a Reed Multiplus
A Multiplus Feiras e Eventos com 25 anos de experiência e liderança na produção de eventos no Setor Sucroenergético e Moveleiro, associou-se em Janeiro de 2011 à Reed Exhibitions, a maior empresa do mundo, no setor de feiras. Com isso, passa a se chamar Reed Multiplus, aumentando sua participação no mercado nacional de feiras e eventos, e oferecendo aos seus clientes possibilidades de parcerias internacionais.
Evento acontece de 26 a 29 de agosto de 2014, no Centro de Eventos Zanini, em Sertãozinho.
 
Ribeirão Preto, 31 de julho de 2014: Entre os dias 26 e 29 de agosto, a 22ª edição da Fenasucro (Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética) apresenta para o setor sucroenergético a principal plataforma de geração de novos negócios e soluções para toda cadeia produtiva da cana-de-açúcar, que estará reunida no Centro de Eventos Zanini, na cidade de Sertãozinho, interior de São Paulo. A Feira será um grande palco de fomento para discussões sobre o mercado por meio de palestras, seminários, debates e reuniões que contarão com a presença das principais entidades de classe e profissionais renomados que disseminarão novas informações sobre o cenário sucroenergético. 
O evento tem como objetivo apresentar as mais novas soluções, tecnologias e serviços para alavancar a produtividade e elevar a eficiência do setor sucroenergético. A expectativa de público, segundo a organização, é de 33 mil visitantes compradores das seguintes áreas da indústria: armazenamento, agricultura, produção industrial, caldeiraria, automação, logística, petróleo e gás, construção civil, engenharia, e energias renováveis, que poderão conferir as novidades entre as mais de 1000 marcas em exibição.
Durante coletiva de imprensa, realizada no dia 31 de julho, em Ribeirão Preto, a organização da Fenasucro – Reed Exhibitions Alcantara Machado, em parceria com o realizador – CEISE Br (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis), anunciou outros números referentes à 22ª edição. O pré-credenciamento online já apresenta aumento de 200% comparado ao mesmo período do ano passado. Deste montante, 64% dos pré-credenciados possuem cargos de liderança nas empresas representadas. “Mais de 20% dos nossos pre-credenciados apresentam poder de compra de mais de R$ 1 milhão. Estamos com boas expectativas quanto à intenção de compra dos visitantes e, por isso, esperamos manter a geração de negócios em 2,2 bilhões neste ano”, aponta o diretor da Fenasucro Gabriel Godoy. A Fenasucro, tradicionalmente, atrai a presença de compradores internacionais, sendo que, neste ano, representantes de 28 países já estão confirmados.
O presidente do CEISE Br, Antonio Eduardo Tonielo Filho, e o presidente de honra da Fenasucro, Antonio Eduardo Tonielo, afirmaram, na coletiva, que, apesar da crise, a Fenasucro acontece em um momento oportuno. “A crise pressiona a necessidade de aumento de eficiência, e a feira reúne as maiores e melhores tecnologias, inovações em máquinas, equipamentos e serviços para agroindústria da cana”, destacou Tonielo Filho. Para ele, a indústria de base do setor sucroenergético, principalmente as empresas de Sertãozinho – principal polo fornecedor às usinas, a tendência da Fenasucro está voltada à geração de energia. “Muitas indústrias estão investindo em tecnologias para aumentar a produção e a produtividade das usinas, associada à eficiência energética”, ressaltou o presidente do CEISE Br.
Programa especial para compradores e atendimento VIP
Outra novidade da 22ª Fenasucro são os programas Premium Club e VIP que receberão juntos, mais de 1.500 compradores, além de personalidades e líderes do setor. “Os Programas tem como objetivo fomentar a geração de negócios e receber de forma diferenciada os grandes compradores que pretendem visitar o evento. É uma forma de estreitar relacionamentos com compradores de alto poder de compra e trazer um público realmente especializado para a Feira”, explica Gabriel Godoy. 
A Fenasucro também receberá caravanas procedentes de 28 cidades, trazendo ao evento aproximadamente 1.500 profissionais do setor, de mais de 40 usinas.
Novidades na Infraestrutura
Neste ano, a infraestrutura do Centro de Eventos Zanini foi revitalizada, acompanhando o crescimento da Feira de Tecnologia Sucroenergética. A 22ª edição apresentará o Espaço de Conferências Fenasucro, anexo ao pavilhão dos expositores, que sediará a maioria das palestras, debates, conferências, entre outros eventos de conteúdo e deve atender mais de 1.600 convidados. O local conta com estrutura para coffee break, banheiros, área VIP, deck com paisagismo e credenciamento. Já o outro espaço, o Orquídeas, será direcionado para receber os convidados VIPs da feira e dos parceiros. Outro destaque é o Estande das Novidades, onde estarão concentradas as descrições e imagens dos principais lançamentos da Fenasucro, facilitando a busca dos compradores junto aos estandes dos expositores. 
A praça de alimentação, que contará com wi-fi gratuito, também recebeu investimentos no layout e na diverisificação das opções. Sete novas e renomadas marcas estão confirmadas, como: Bob’s, Sandelícia, Texas Grill, Tropical Sucos e Lanches, Kibon, Açaí, Água de Coco, Mimi Espetinhos e Casa do Pão de Queijo.
As melhorias também contemplaram o sistema hídrico da Feira, que dobrou a capacidade do armazenamento de água no recinto. Outras mudanças ocorreram no sistema de esgoto e nos banheiros, assim como no estacionamento do pavilhão, que foi repaginado. Foram criados acessos e bolsões específicos para expositores e visitantes.
Debates e discussões em um só local
Todas as manhãs, das 08h às 13h, a Fenasucro será palco de debates e discussões sobre o setor. Para isso, acontecerão eventos de conteúdo como a 3ª Conferência Datagro CEISE Br, Reunião Gerhai, Seminário Agroindustrial STAB Fenasucro, Seminário GEGIS, 2º Congresso de Automação e Inovação Tecnológica Sucroenergética, Encontro de Produtores Canaoeste/Orplana, Rodada de Negócios Internacional APLA/Apex, Rodada de Negócios organizada pelo FIESP e SEBRAE e Seminário de Transporte e Logística ESALQ Log.
Presente na coletiva de imprensa, o presidente da Datagro, Plínio Nastari, antecipou temas que serão debatidos durante a conferência. “Vamos analisar a situação do setor aqui no Brasil com todos os seus prós e desafios atuais, sua situação nas geografias principais que são China,  Tailândia, Índia, Rússia, União Europeia, México, Estados Unidos e Colômbia. Apresentaremos conteúdo sobre os desafios do setor diante da nova realidade que está sendo atravessada com a mecanização da colheita e do plantio, trazendo uma série de fatores novos de controle e atenção, tanto na área agrícola quanto na área industrial”, alerta Nastari.
Ele ainda afirmou que o Brasil continua sendo o principal fundamento do mercado, representando 48% das exportações mundiais de açúcar, além de ser o segundo maior produtor e um dos maiores exportadores de etanol do mundo. De acordo com ele, o etanol deve ser o símbolo de recuperação do setor. “Etanol e tecnologia automotiva desenvolvida no Brasil que começa a ser transferida e vista como solução de outros países: Índia já definiu meta de adição de etanol na gasolina de 10% e o país está olhando muito de perto a possibilidade de transferência de tecnologia flex. Outros países da América do Sul e Central já estão olhando a possibilidade de ampliação de produção de etanol tanto na produção local quanto na exportação, principalmente para os EUA, tendo em vista programas como o da Califórnia que começa a ser estendido para outros 11 estados norte-americanos, onde combustíveis de baixo carbono, como é o caso do etanol de cana, são valorizados. Essas geografias estão de olho nessas soluções, por isso que esses países acabam vindo à Fenasucro para conhecer tecnologia desenvolvida aqui no Brasil de produção de etanol e bioeletrecidade. O setor caminha cada vez mais veloz na diversificação da cogeração e do aproveitamento da energia integral da cana de açúcar”, revela Nastari. Segundo ele, ainda haverá decisões que deverão ser tomadas a nível de política federal, que incentivarão a correção e a revalorização do etanol como combustível limpo e renovável, gerador de desenvolvimento. “Pois, não estamos apenas falando de combustível líquido, energia elétrica e açúcar. Estamos falando de um processo de um programa de desenvolvimento econômico”, completou.
 Além do Espaço Conferências Fenasucro, que fomentará temas sobre a atualidade do setor, a Fenasucro terá o “Museu da Cana”, estabelecendo um paralelo entre o passado e o presente do setor, com a exibição de amostras do Instituto Cultural Engenho Central de Sertãozinhho.
Novos setores na Fenasucro
Dividida em setores e atenta às novas possibilidades e demandas na cadeia produtiva da cana, a Fenasucro também anunciou que entre as novidades está o setor de Transporte e Logística, que passou por completa reformulação com a criação de sub-setores inéditos como Armazenamento, Equipamentos de Proteção Individual e Automação.
Fenasucro em números
 
- 550 expositores nacionais e internacionais 
 
- Mais de mil marcas expostas 
 
- Área de exposição de 75 mil m²
 
- Feira dividida em quatro setores e três subsetores 
 
- Aproximadamente 33 mil visitantes
 
- 64% dos visitantes credenciados: cargo de liderança nas empresas 
 
- 20% dos credenciados apresentam poder de compra de mais de R$ 1 milhão 
 
- Visitantes confirmados de 28 países
 
- 28 caravanas de áreas estratégicas da região. Aproximadamente 1.500 pessoas de mais de 40 usinas. 
 
- Programa Premium Club e VIP: mais de 1.500 compradores
 
- Praça de Alimentação: sete novas marcas
 
FENASUCRO – Perfil
Periodicidade: anual
Edição: 22ª edição
Realização: 26 a 29 de agosto de 2014
Horário: das 13h às 20h
Local: Centro de Eventos Zanini, Marginal João Olézio Marques, 3.563, Sertãozinho – São Paulo – Brasil
 
PERFIL DOS VISITANTES
-Profissionais e técnicos do setor (usinas e destilarias)
-Industriais
-Presidentes e Diretores das indústrias
-Compradores 
-Comerciantes
-Produtores rurais 
 
CRONOGRAMA
 
25 de agosto
19h30 – Prêmio MasterCana Centro Sul 
 
26 de agosto
08h às 13h: 3ª Conferência Datagro CEISE Br 
08h às 14h: Reunião Gerhai
08h às 13h: 2ª Congresso de Automação e Inovação Tecnológica Sucroenergética 2014
12h30: Abertura Oficial da 22ª Fenasucro 
13h às 20h: Exposição e Visitação 
20h: Fechamento
 
27 de agosto
08h às 13h: 2ª Congresso de Automação e Inovação Tecnológica Sucroenergética 2014
08h às 13h: Seminário Agroindustrial STAB      
13h às 20h: Exposição e Visitação 
20h: Fechamento
 
28 de agosto
08h às 13h: Seminário Agroindustrial STAB      
08h às 13h: Seminário GEGIS
13h30 às 19h30: 1º Encontro Cana Substantivo Feminino
13h às 20h: Exposição e Visitação 
20h: Fechamento
 
29 de agosto 
08h às 13h: Encontro de Produtores Canaoeste/Orplana
08h às 13h: 2º Seminário de Transporte e Logística Esalq-Log
13h às 20h: Exposição e Visitação 
20h: Fechamento
 
Sobre o CEISE Br
O CEISE Br – Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis atua nacionalmente como entidade representante da indústria de máquinas, equipamentos, bens de capital, serviços, insumos, e tecnologias agrícola e industrial da cadeia produtiva da cana-de-açúcar e biocombustíveis. Na década de 80, motivado pelo grande potencial industrial que a cidade de Sertãozinho (SP) exercia, lançou a primeira feira do setor sucroenergético que, anos depois, tornou-se o maior evento mundial da cadeia, a Fenasucro – Feira Internacional de Tecnologia Sucroenergética. Em 2014, a instituição realiza a 22ª edição da feira que, ao longo dos anos, fomentou inúmeras oportunidades de negócios, promovendo o contato mais próximo entre empresa e cliente, compradores e fornecedores, além de mostrar ao mundo o quanto a cana-de-açúcar e a sua indústria são importantes para a economia brasileira, através da produção do etanol – um combustível limpo, renovável, autossustentável e gerador de empregos.
Sobre a Reed Exhibitions Alcantara Machado
Criada em 2007, a Reed Exhibitions Alcantara Machado é resultado da joint-venture entre a maior promotora de feiras do mundo, a Reed Exhibitions, presente no Brasil desde 1997, e a maior da América Latina, a Alcantara Machado Feiras de Negócios, fundada em 1956 e líder no mercado latino americano.  Com eventos em 34 setores ativos da economia, no biênio 2010-2011 a empresa realizou somente no Brasil 57 grandes Feiras de Negócios e Consumo, ocupando assim o 1º lugar em quantidade de eventos, volume de visitantes e compradores, e metragem total de expositores, dentre as empresas associadas à UBRAFE (União Brasileira dos Promotores de Feira). 
Sobre a Reed Exhibitions
A Reed Exhibitions é a principal organizadora de eventos do mundo, reunindo mais de 6 milhões de profissionais ao redor do planeta, gerando bilhões de dólares em negócios. Hoje, 500 eventos da Reed estão presentes em 39 países, distribuídos pelas Américas, Europa, Oriente Médio e Ásia e organizados por 33 escritórios próprios que empregam mais de 3 mil funcionários.
A Reed Exhibitions pertence à Reed Elsevier Group, uma companhia listada entre as TOP 100 da Bolsa de Valores de Londres, e que apresentou em 2012 um total de £6,002Bi (ou €6,902Bi). O Grupo Reed Elsevier é líder na geração de soluções de informação profissional nos setores de Ciência e Medicina, Direito, Análise de Riscos, Educação e Negócios em Geral. 
Sobre a Reed Multiplus
A Multiplus Feiras e Eventos com 25 anos de experiência e liderança na produção de eventos no Setor Sucroenergético e Moveleiro, associou-se em Janeiro de 2011 à Reed Exhibitions, a maior empresa do mundo, no setor de feiras. Com isso, passa a se chamar Reed Multiplus, aumentando sua participação no mercado nacional de feiras e eventos, e oferecendo aos seus clientes possibilidades de parcerias internacionais.