atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Produção de cana-de-açúcar deve aumentar em MS, aponta Conab

09/08/2013 Cana-de-Açúcar POR: Portal G1
Produção de cana-de-açúcar deve aumentar em MS, aponta Conab  
Mato Grosso do Sul deve aumentar em 18,70% a produção de cana-de-açúcarna safra 2013/2014, segundo o levantamento divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Com este aumento, de acordo com a pesquisa, o estado passa de 36,9 milhões de toneladas para 43,8 milhões de toneladas.
No entanto, ao contrário dos dados, a Associação dos Produtores de Bioenergia (Biosul) acredita que a produção deve diminuir após as geadas que atingiram o sul do estado.
Segundo a Biosul, o fenômeno atingiu municípios o onde está concentrada cerca de 82% da produção sul-mato-grossense de cana. Como os dados do primeiro levantamento foram coletados antes de que a geada ocorresse, o Conab deve se reunir com seus associados para analisar o panorama da safra no Estado após as geadas.
O estado tinha a previsão de aumentar em 3,20% a produtividade dos canaviais, de 68 toneladas por hectare para 70,3 toneladas por hectare, segundo o Conab. O crescimento de produção dos dois principais produtos do setor sucroenergético acompanharia o ritmo de incremento da moagem.
Ainda de acordo com o Conab, a produção de açúcar passaria de 1,741 milhão de toneladas para 2,026 milhões de toneladas, o que representaria um aumento de 16,33%, enquanto que a de etanol teria um incremento de 14,19%, saltando de 1,915 bilhão de litros para 2,187 bilhões de litros. Em razão das geadas, esses dados também deverão passar por uma revisão.
Produção de cana-de-açúcar deve aumentar em MS, aponta Conab  
Mato Grosso do Sul deve aumentar em 18,70% a produção de cana-de-açúcar na safra 2013/2014, segundo o levantamento divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Com este aumento, de acordo com a pesquisa, o estado passa de 36,9 milhões de toneladas para 43,8 milhões de toneladas.
No entanto, ao contrário dos dados, a Associação dos Produtores de Bioenergia (Biosul) acredita que a produção deve diminuir após as geadas que atingiram o sul do estado.
Segundo a Biosul, o fenômeno atingiu municípios o onde está concentrada cerca de 82% da produção sul-mato-grossense de cana. Como os dados do primeiro levantamento foram coletados antes de que a geada ocorresse, o Conab deve se reunir com seus associados para analisar o panorama da safra no Estado após as geadas.
O estado tinha a previsão de aumentar em 3,20% a produtividade dos canaviais, de 68 toneladas por hectare para 70,3 toneladas por hectare, segundo o Conab. O crescimento de produção dos dois principais produtos do setor sucroenergético acompanharia o ritmo de incremento da moagem.
Ainda de acordo com o Conab, a produção de açúcar passaria de 1,741 milhão de toneladas para 2,026 milhões de toneladas, o que representaria um aumento de 16,33%, enquanto que a de etanol teria um incremento de 14,19%, saltando de 1,915 bilhão de litros para 2,187 bilhões de litros. Em razão das geadas, esses dados também deverão passar por uma revisão.