atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Produção de cana deve crescer em 2015/16

08/03/2015 Cana-de-Açúcar POR: Monitor Digital
A produção de cana-de-açúcar do centro-sul e do Brasil deve crescer em 2015/16, recuperando-se após a queda registrada na temporada anterior. É o que aponta sondagem de Safras & Mercado para esta safra.
Para o centro-sul, a expectativa é de uma safra de 598 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, representando um crescimento de 4% sobre os números da safra anterior, que teve uma produção de 575 milhões de toneladas. Enquanto isso, a projeção para a produção nacional total de cana-de-açúcar de Safras & Mercado é de 661 milhões de toneladas, crescimento de 4,26.
A produção de açúcar do centro-sul deve diminuir para 31 milhões de toneladas em 2015/16, ou -3,13%, contra as 36 milhões de toneladas indicadas para 2014/15. Já a produção total de etanol da região deve crescer, passando de 25,6 bilhões de litros para 28,5 bilhões de litros (11,33%).
Segundo o analista de Safras & Mercado para o setor de açúcar & etanol, Maurício Lima Muruci, O clima chuvoso no Centro-Sul do Brasil entre o final de novembro e a totalidade da entressafra sustenta as perspectivas de recuperação dos canaviais da região. “Os processos de renovação dos canaviais devem continuar constantes mais em função da melhora na eficiência produtiva/custos de produção mesmo com a desmotivação política do setor e da economia como um todo”, coloca Muruci.
A produção de cana-de-açúcar do centro-sul e do Brasil deve crescer em 2015/16, recuperando-se após a queda registrada na temporada anterior. É o que aponta sondagem de Safras & Mercado para esta safra.
Para o centro-sul, a expectativa é de uma safra de 598 milhões de toneladas de cana-de-açúcar, representando um crescimento de 4% sobre os números da safra anterior, que teve uma produção de 575 milhões de toneladas. Enquanto isso, a projeção para a produção nacional total de cana-de-açúcar de Safras & Mercado é de 661 milhões de toneladas, crescimento de 4,26.
A produção de açúcar do centro-sul deve diminuir para 31 milhões de toneladas em 2015/16, ou -3,13%, contra as 36 milhões de toneladas indicadas para 2014/15. Já a produção total de etanol da região deve crescer, passando de 25,6 bilhões de litros para 28,5 bilhões de litros (11,33%).
Segundo o analista de Safras & Mercado para o setor de açúcar & etanol, Maurício Lima Muruci, O clima chuvoso no Centro-Sul do Brasil entre o final de novembro e a totalidade da entressafra sustenta as perspectivas de recuperação dos canaviais da região. “Os processos de renovação dos canaviais devem continuar constantes mais em função da melhora na eficiência produtiva/custos de produção mesmo com a desmotivação política do setor e da economia como um todo”, coloca Muruci.