atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Produção de cana em Mato Grosso irá reduzir cerca de 5% na safra 14/15

21/03/2014 Cana-de-Açúcar POR: Portal G1
Mato Grosso deverá diminuir sua moagem de cana na safra 2014/15. A redução pode chegar a quase 5% neste ciclo, levando em conta o volume estadual a 16,2 milhões de de toneladas. Na safra 13/14 a produção chegou a 16,16,9 milhões de toneladas.
Conforme os dados do Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras de Mato Grosso (Sindalcool), esta é a primeira baixa desde a temporada 2011/12, quando na época era de 13 milhões de toneladas.
Segundo o diretor executivo do Sindalcool, Jorge dos Santos, a diminuição não afetará significativamente a produção no estado. "Nós tivemos essa baixa porque uma de nossas indústrias produzirá cerca de 1,5 milhão de toneladas a menos neste ano. A compensação veio com o aumento de produção em outras usinas. Por isso, conseguimos manter, relativamente, o volume".
Para esta safra, a estimativa é de que sejam produzidos 553 milhões de litros de etanolanidro e 471 milhões de litros de hidratado. Já a produção de açúcar segue com apenas 395 mil toneladas.
Milho e Sorgo
Durante a entressafra, Mato Grosso também deverá produzir etanol de milho e sorgo. A produção, que é nova no estado, poderá chegar a 30 milhões de litros. Mas a incerteza segue incomodando o setor alcooleiro, isso porque o preço do milho apresenta instabilidade, o que encareceria o custo-produção.
Mato Grosso deverá diminuir sua moagem de cana na safra 2014/15. A redução pode chegar a quase 5% neste ciclo, levando em conta o volume estadual a 16,2 milhões de de toneladas. Na safra 13/14 a produção chegou a 16,16,9 milhões de toneladas.
Conforme os dados do Sindicato das Indústrias Sucroalcooleiras de Mato Grosso (Sindalcool), esta é a primeira baixa desde a temporada 2011/12, quando na época era de 13 milhões de toneladas.
Segundo o diretor executivo do Sindalcool, Jorge dos Santos, a diminuição não afetará significativamente a produção no estado. "Nós tivemos essa baixa porque uma de nossas indústrias produzirá cerca de 1,5 milhão de toneladas a menos neste ano. A compensação veio com o aumento de produção em outras usinas. Por isso, conseguimos manter, relativamente, o volume".
Para esta safra, a estimativa é de que sejam produzidos 553 milhões de litros de etanolanidro e 471 milhões de litros de hidratado. Já a produção de açúcar segue com apenas 395 mil toneladas.
Milho e Sorgo
Durante a entressafra, Mato Grosso também deverá produzir etanol de milho e sorgo. A produção, que é nova no estado, poderá chegar a 30 milhões de litros. Mas a incerteza segue incomodando o setor alcooleiro, isso porque o preço do milho apresenta instabilidade, o que encareceria o custo-produção.