atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Produtividade da safra 2014/15 ficou abaixo da média das últimas cinco safras

14/07/2015 Cana-de-Açúcar POR: Rogério Mian - Agência UDOP de Notícias
A pesquisa de produtividade agrícola da safra 2014/15 realizada pela UDOP nos meses de abril e maio traçou um panorama de como anda o preparo de solo, o plantio, os tratos culturais da cana planta e soca, a colheita, a infestação de pragas e doenças e a irrigação dos canaviais. Ao todo a pesquisa foi respondida por dezenas de usinas localizadas em cinco estados brasileiros, que juntas processaram cerca de 15% de toda a cana-de-açúcar produzida no País.
A pesquisa, aberta para unidades associadas e não associadas à entidade, já está em sua terceira amostra, tendo se consolidado como importante ferramenta para que as usinas participantes possam analisar como andam suas produtividades médias e se suas práticas agrícolas estão de acordo com a maioria das unidades participantes. Os resultados são disponibilizados apenas para as unidades que participaram da pesquisa.
No quesito produtividade média a pesquisa apontou que na safra 2014/15 as usinas participantes colheram em média 71,14 toneladas de cana por hectare, número 3,40% abaixo da média das últimas cinco safras, que ficou em 73,56 toneladas por hectare. 
"Esses números mostram o quanto temos que melhorar nossa produtividade, e o quanto estamos reféns do clima. Daí a importância da adoção de práticas muitas vezes já consagradas e que hoje foram esquecidas em boa parte das usinas", destacou o presidente executivo da UDOP, o engenheiro agrônomo Antonio Cesar Salibe.
A pesquisa apontou ainda que a maioria das usinas faz o preparo de solo convencional em seus canaviais, e que 65% delas fazem a rotação de culturas, sendo a maior parte com crotalária, soja e amendoim.
Pesquisa 2015/16
A UDOP realiza a pesquisa de produtividade agrícola anualmente. Sobre a safra 2015/16, a pesquisa deverá ser preenchida nos meses de abril e maio do próximo ano. A pesquisa é gratuita e aberta a todas as usinas interessadas.
A pesquisa de produtividade agrícola da safra 2014/15 realizada pela UDOP nos meses de abril e maio traçou um panorama de como anda o preparo de solo, o plantio, os tratos culturais da cana planta e soca, a colheita, a infestação de pragas e doenças e a irrigação dos canaviais. Ao todo a pesquisa foi respondida por dezenas de usinas localizadas em cinco estados brasileiros, que juntas processaram cerca de 15% de toda a cana-de-açúcar produzida no País.
A pesquisa, aberta para unidades associadas e não associadas à entidade, já está em sua terceira amostra, tendo se consolidado como importante ferramenta para que as usinas participantes possam analisar como andam suas produtividades médias e se suas práticas agrícolas estão de acordo com a maioria das unidades participantes. Os resultados são disponibilizados apenas para as unidades que participaram da pesquisa.
No quesito produtividade média a pesquisa apontou que na safra 2014/15 as usinas participantes colheram em média 71,14 toneladas de cana por hectare, número 3,40% abaixo da média das últimas cinco safras, que ficou em 73,56 toneladas por hectare. 
"Esses números mostram o quanto temos que melhorar nossa produtividade, e o quanto estamos reféns do clima. Daí a importância da adoção de práticas muitas vezes já consagradas e que hoje foram esquecidas em boa parte das usinas", destacou o presidente executivo da UDOP, o engenheiro agrônomo Antonio Cesar Salibe.
A pesquisa apontou ainda que a maioria das usinas faz o preparo de solo convencional em seus canaviais, e que 65% delas fazem a rotação de culturas, sendo a maior parte com crotalária, soja e amendoim.

Pesquisa 2015/16
A UDOP realiza a pesquisa de produtividade agrícola anualmente. Sobre a safra 2015/16, a pesquisa deverá ser preenchida nos meses de abril e maio do próximo ano. A pesquisa é gratuita e aberta a todas as usinas interessadas.