atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Projeto Amendoim da UNAME participa do 6º Encontro de Produtores e Dia de Campo em Pindorama-SP

20/04/2015 Noticias do Sistema POR: Fernanda Clariano - Revista Canavieiros
No dia 26 de fevereiro, a APTA (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios) por
meio do Polo Regional Centro-Norte e do IAC (Instituto Agronômico), realizou o 6º Encontro de Produtores e Dia de Campo de Amendoim, em Pindorama, no interior de São Paulo.
O evento reuniu cerca de 200 produtores rurais e profissionais ligados à cultura do amendoim, entre eles produtores do Projeto Amendoim da UNAME (Unidade de Grãos da Copercana).
Segundo os organizadores do evento, a adesão dos produtores só não foi maior devido aos os trabalhos com a colheita que já terem começado.
Os produtores presentes participaram de palestras sobre temas atuais demandados
pelo setor produtivo, como o novo vírus que ataca a cultura do amendoim, as escolhas realizadas pelos produtores em todas as safras, a multiplicidade de fertilizantes foliares e fungicidas, o mercado nacional e internacional de amendoim e as atividades da recém-criada Câmara Setorial de Amendoim.
Em visita ao campo, tiveram a oportunidade de conhecer as atividades e os resultados do programa de melhoramento genético de amendoim, liderado Fernanda Clariano com informações de assessoria pelo IAC, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. 
“Este ano foi possível notar a presença de um grande número de técnicos e estudantes. Isto significa que há uma demanda cada vez maior por conhecimento, por informação sobre a cultura. O aumento da procura por eventos de amendoim mostra que a cultura está ganhando mais projeção no cenário agrícola de São Paulo. Apesar da situação econômica do País, o mercado de amendoim continua estável, a área de plantio aumentou nos últimos dois anos e a produção também está com tendência para aumento”, afirmou o pesquisador do IAC, Dr. Ignácio José de Godoy.
Para o gerente da UNAME, Augusto César Strini Paixão, “esse encontro é muito importante para os técnicos da cooperativa e produtores do Projeto Amendoim. 
Por meio das palestras tivemos várias informações desde a produção de sementes certificadas, produção de novas variedades, manejo da cultura e os mercados interno e externo. Todas essas informações nos colocam sempre mais perto de alcançarmos as melhorias necessárias para atingir nosso objetivo, que é o de produzir amendoim com o menor custo, melhor produtividade e vender pelo melhor preço”.
No dia 26 de fevereiro, a APTA (Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios) por
meio do Polo Regional Centro-Norte e do IAC (Instituto Agronômico), realizou o 6º Encontro de Produtores e Dia de Campo de Amendoim, em Pindorama, no interior de São Paulo.
O evento reuniu cerca de 200 produtores rurais e profissionais ligados à cultura do amendoim, entre eles produtores do Projeto Amendoim da UNAME (Unidade de Grãos da Copercana).
Segundo os organizadores do evento, a adesão dos produtores só não foi maior devido aos os trabalhos com a colheita que já terem começado.
Os produtores presentes participaram de palestras sobre temas atuais demandados
pelo setor produtivo, como o novo vírus que ataca a cultura do amendoim, as escolhas realizadas pelos produtores em todas as safras, a multiplicidade de fertilizantes foliares e fungicidas, o mercado nacional e internacional de amendoim e as atividades da recém-criada Câmara Setorial de Amendoim.
Em visita ao campo, tiveram a oportunidade de conhecer as atividades e os resultados do programa de melhoramento genético de amendoim, liderado Fernanda Clariano com informações de assessoria pelo IAC, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. 
“Este ano foi possível notar a presença de um grande número de técnicos e estudantes. Isto significa que há uma demanda cada vez maior por conhecimento, por informação sobre a cultura. O aumento da procura por eventos de amendoim mostra que a cultura está ganhando mais projeção no cenário agrícola de São Paulo. Apesar da situação econômica do País, o mercado de amendoim continua estável, a área de plantio aumentou nos últimos dois anos e a produção também está com tendência para aumento”, afirmou o pesquisador do IAC, Dr. Ignácio José de Godoy.
Para o gerente da UNAME, Augusto César Strini Paixão, “esse encontro é muito importante para os técnicos da cooperativa e produtores do Projeto Amendoim. 
Por meio das palestras tivemos várias informações desde a produção de sementes certificadas, produção de novas variedades, manejo da cultura e os mercados interno e externo. Todas essas informações nos colocam sempre mais perto de alcançarmos as melhorias necessárias para atingir nosso objetivo, que é o de produzir amendoim com o menor custo, melhor produtividade e vender pelo melhor preço”.