Queda de 7% na moagem paulista é sinal de safra adiantada

30/10/2020 Cana-de-Açúcar POR: Marino Guerra

Contudo total de cana processada deverá ser maior que período anterior

No relatório de acompanhamento de safra divulgado pela Unica com dados referentes até o dia 16 de outubro foi comprovado o que todos já desconfiavam, a aceleração da moagem deve ir diminuindo conforme se aproxima o encerramento do ano.

Considerando somente a quantidade de cana moída na quinzena houve uma queda de 2,05% em relação a igual data de 2019, sendo processadas 36,85 milhões de toneladas contra 37,62 milhões do ano anterior. No comparativo com a segunda quinzena de setembro, o ritmo foi 8,37% menor.

A tirada do pé das colhedoras se deu principalmente em São Paulo, onde foi registrada uma redução de 7,41% no comparativo com igual período da safra anterior e desaceleração de 8,83% em relação ao que as moendas engoliram na quinzena anterior.

O cenário já era esperado, pois com a falta de chuvas, principalmente de setembro, a colheita esteve à frente da sua marcha habitual, no entanto, isso não significa uma queda na moagem, no acumulado do ciclo produtivo, o atual está 5,06% superior em relação a temporada 19/20, moendo 538 milhões de toneladas.