atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Raízen prevê crescimento de produção sem grandes investimentos

27/11/2012 Cana-de-Açúcar POR: Valor Online
O presidente da Raízen, Vasco Dias, informou que a companhia deverá manter o crescimento da moagem de cana-de-açúcar, sem fazer grandes investimentos.

Na safra 2011/12, o total de investimento (capex) recorrente da companhia foi de R$ 1,6 bilhão e deverá se manter o mesmo em 2016/17. O que irá se reduzir serão os investimentos em expansão em usinas brownfield (já instaladas e em operação), cogeração de energia e outros aportes não previstos.

Em 2011/12, o total investido foi de R$ 2,4 bilhões e deverá atingir R$ 2,2 bilhões em 2016/17. No mesmo período, o investimento unitário por tonelada de cana cai de R$ 31 para R$ 20.

Dias também afirmou que a companhia ganhará em produtividade. A empresa tem 24 usinas de açúcar e álcool tradicionais e terá até 2024 oito usinas de segunda geração. "Teremos maior eficiência em produtividade", disse Dias.

Mônica Scaramuzzo