atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Safras eleva em 4% projeção para cana do centro-sul

24/07/2012 Cana-de-Açúcar POR: Reuters
A estimativa de colheita de cana da região centro-sul do Brasil foi elevada para 520 milhões de toneladas no ciclo 2012/13, de acordo com projeção divulgada nesta terça-feira pela consultoria Safras & Mercado.

É um aumento de 4 por cento ante a estimativa anterior da Safras (500 milhões de toneladas) para a principal região produtora de cana no país.

"O registro de chuvas em excesso sobre as mais importantes regiões produtoras do centro-sul, principalmente em maio, junho e também na primeira semana de julho, embora tenha provocado a interrupção da colheita durante vários dias, proporciona a contrapartida de um maior desenvolvimento para os canaviais", disse a consultoria, em nota.

A Safras afirma que há uma tendência de crescimento no volume de cana disponível no fim da safra.

As chuvas, por outro lado, prejudicaram a qualidade da cana que está perto de ser colhida, segundo a União das Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica).

As empresas do setor acreditam ter condições de recuperar o atraso na moagem, disse na segunda-feira um representante da Unica à Reuters.

O último levantamento da Unica, analisando o processamento até o final de junho, mostra que há uma queda de 28 por cento no volume de cana moído, na comparação com o mesmo período do ano passado.


Brasil

A Safras & Mercado também revisou para cima a estimativa de produção geral no país.

O Brasil deverá colher 613 milhões de toneladas de cana em 2012/13, crescimento de 3,9 por cento ante a estimativa anterior, de 590 milhões de toneladas.

Segundo a Companhia Nacional do Abastecimento (Conab), o centro-sul do Brasil colheu e moeu 501,3 milhões de toneladas de cana em 2011/12, enquanto a produção total do Brasil atingiu 602 milhões de toneladas, disse relatório da Safras.