atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Se não der 100 toneladas... - Capítulo 3

25/11/2019 Cana-de-Açúcar POR: Marino Guerra
Se não der 100 toneladas... - Capítulo 3

Preparo de solo e combate às invasoras

A empreitada rumo a um canavial de elite continua. No mês passado, a equipe da Canaoeste fez o levantamento de broca e comprovou o que já era evidente: o nível de infestação é altíssimo.

Também foi apresentada a área que entrará em reforma neste ano e justificados os motivos para não entrar com um canavial novo em área total, sendo o principal deles manter na fazenda alguma rentabilidade pensando na sustentabilidade financeira da operação.

Até a metade do mês de outubro, quando esse texto foi finalizado, três manejos diferentes haviam sido realizados.

Para a área que será reformada em 2020, foi feita uma correção com a aplicação de 1,5 tonelada de calcário e uma tonelada de gesso por hectare. Nessa área entrará o plantio de soja como rotação de cultura, tendo já passado o subsolador. Preparado, o local está só esperando a chuva ideal para o início do plantio.

Os talhões que terão apenas mais um corte, ou seja, serão reformados em 2021, antes da rebrota, receberam aplicação de 250 ml/ha de Provence Total (Indaziflam + Isoxaflutol) para combater a invasão das daninhas de folha estreita (principalmente braquiária e colonião), e 300 kg de adubo na concentração de 20-05-20 (NPK).

Já o canavial que ficará de pé por mais dois cortes (e que apresentou maior produtividade) recebeu tratamento um pouco mais caro, que consistiu na mistura do Sulfentrazone em 1,6 litros e Clomazone 500 em 2 litros por hectare, além de terem sido feitos 100 kg a mais de adubo na mesma concentração em relação a área que entrará no último ano.

Ainda pensando no combate às plantas daninhas de folha estreita, quando a rebrota da cana estiver um pouco maior, está planejada uma catação utilizando o glifosato.

Para o mês que vem, se Deus quiser, a soja já estará plantada, e os números da colheita e os custos dos tratamentos relatados neste texto consolidados. Também poderá ser possível conhecer os detalhes do projeto de sistematização.

Aguardem as novidades!