atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

UNICA e Apex-Brasil promovem workshop sobre sustentabilidade da cana-de-açúcar na Expo Milão 2015

19/05/2015 Cana-de-Açúcar POR: Assessoria de Imprensa UNICA
A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) vão levar a sustentabilidade da produção da cana-de-açúcar para a Expo Milão 2015. A feira mundial que começou no dia 1º de maio e vai até 31 de outubro, deve reunir representantes de mais de 150 países e tem como tema: Nutrindo o Planeta, Energia para a Vida (Feeding the Planet, Energy for Life).
 
Na tarde do dia 2 de junho, o pavilhão brasileiro será palco do workshop “Producing food and energy for a healthier planet: the case of the Brazilian Sugarcane Ethanol”, onde serão discutidos os mecanismos, públicos e privados, que induzem à melhoria das práticas sustentáveis na produção da cana-de-açúcar, destacando o caso brasileiro.
 
David Baroni Neto, presidente da Apex-Brasil; Eduardo Leão de Sousa, diretor-executivo da UNICA; Sven Sielhorst, coordenador do Programa Internacional sobre Cana-de-Açúcar da Fundação Solidaridad, que conduz diversos trabalhos com cana no Brasil e no mundo; Simon Usher, presidente do BONSUCRO, sistema de certificação de cana que tem sede em Londres; e Luiz Carlos Mavignier de Araujo Job, representante do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) vão compor o painel. O palestrante principal do workshop será José Goldemberg, membro da Academia Brasileira de Ciências, ex-ministro de Ciência e Tecnologia e laureado com o Prêmio Planeta Azul.
 
A iniciativa faz parte da parceria entre a UNICA e a Apex-Brasil, que trabalham juntas desde 2008 para promover internacionalmente a cana-de-açúcar e suas diferentes aplicações, como o etanol brasileiro, uma das mais importantes opções de combustível limpo e renovável do planeta; a utilização da cana como matéria-prima de embalagens plásticas, o chamado plástico verde, ou simplesmente o açúcar, fonte de energia e sabor utilizado em doces, confeitos, bebidas e a mundialmente conhecida caipirinha.
 
Após o workshop será servido um coquetel típico brasileiro, com a participação do Chef Diego Lozano, que vai falar sobre os doces e a identidade gastronômica brasileira, além de uma exposição de fotos digitais sobre o panorama da história do açúcar no Brasil, que tem a curadoria de Raul Lody, antropólogo e autor do livro “Caminhos do açúcar”.
A União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) vão levar a sustentabilidade da produção da cana-de-açúcar para a Expo Milão 2015. A feira mundial que começou no dia 1º de maio e vai até 31 de outubro, deve reunir representantes de mais de 150 países e tem como tema: Nutrindo o Planeta, Energia para a Vida (Feeding the Planet, Energy for Life).
 
Na tarde do dia 2 de junho, o pavilhão brasileiro será palco do workshop “Producing food and energy for a healthier planet: the case of the Brazilian Sugarcane Ethanol”, onde serão discutidos os mecanismos, públicos e privados, que induzem à melhoria das práticas sustentáveis na produção da cana-de-açúcar, destacando o caso brasileiro.
 
David Baroni Neto, presidente da Apex-Brasil; Eduardo Leão de Sousa, diretor-executivo da UNICA; Sven Sielhorst, coordenador do Programa Internacional sobre Cana-de-Açúcar da Fundação Solidaridad, que conduz diversos trabalhos com cana no Brasil e no mundo; Simon Usher, presidente do BONSUCRO, sistema de certificação de cana que tem sede em Londres; e Luiz Carlos Mavignier de Araujo Job, representante do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) vão compor o painel. O palestrante principal do workshop será José Goldemberg, membro da Academia Brasileira de Ciências, ex-ministro de Ciência e Tecnologia e laureado com o Prêmio Planeta Azul.
 
A iniciativa faz parte da parceria entre a UNICA e a Apex-Brasil, que trabalham juntas desde 2008 para promover internacionalmente a cana-de-açúcar e suas diferentes aplicações, como o etanol brasileiro, uma das mais importantes opções de combustível limpo e renovável do planeta; a utilização da cana como matéria-prima de embalagens plásticas, o chamado plástico verde, ou simplesmente o açúcar, fonte de energia e sabor utilizado em doces, confeitos, bebidas e a mundialmente conhecida caipirinha.
 
Após o workshop será servido um coquetel típico brasileiro, com a participação do Chef Diego Lozano, que vai falar sobre os doces e a identidade gastronômica brasileira, além de uma exposição de fotos digitais sobre o panorama da história do açúcar no Brasil, que tem a curadoria de Raul Lody, antropólogo e autor do livro “Caminhos do açúcar”.