atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Unica: processamento de cana cresce 12% até 2ª quinzena de fevereiro

18/03/2014 Cana-de-Açúcar POR: ESTADÃO CONTEÚDO
Foram moídas 596,18 milhões de toneladas de matéria-prima desde abril do ano passado
 
O processamento de cana-de-açúcar continua bem baixo pelas unidades produtoras do Centro-Sul, atualmente em período de entressafra. No acumulado do ciclo 2013/2014, iniciado em abril do ano passado, até a segunda quinzena de fevereiro, foram moídas 596,18 milhões de toneladas de matéria-prima, volume 12% maior na comparação com igual período da temporada anterior. Os dados foram divulgados nesta segunda-feira (17/3) pela União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica).
Até 1º de março, a produção de açúcar acumulava incremento de 0,5%, com 34,27 milhões de toneladas. Já a de etanol registrava avanço de 19,6%, para 25,53 bilhões de litros. Desse total, 14,50 bilhões de litros foram de hidratado (+15,6%) e 11,03 bilhões de litros, de anidro (+25,2%).
O mix de produção ao longo do ciclo permanece mais alcooleiro. Do total da oferta de cana, 54,76% foi para a produção do biocombustível. Nessa mesma época, em 2012/2013, o porcentual era de 50,46%.
Com relação à qualidade de matéria-prima, os níveis de Açúcares Totais Recuperáveis (ATR) atingiam 133,38 quilos por tonelada de cana até a segunda quinzena de fevereiro, 1,63% abaixo dos 135,59 quilos por tonelada observados em 2012/2013.
As usinas do Centro-Sul comercializaram 1,92 bilhão de litros de etanol em fevereiro, avanço de 19,5% sobre igual mês de 2013, quando as vendas foram de 1,61 bilhão de litros. Do total, 78,51 milhões de litros foram para o mercado externo (-31,9%) e 1,84 bilhão de litros, para o interno (+23,4%).
Desde o início da safra, foram comercializados 23,67 bilhões de litros de etanol (+15,3%), sendo 10,03 bilhões de litros de anidro (+18,8%) e 13,63 bilhões de litros, de hidratado (+12,4%).