atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Única vê leve alta em outubro na parcela de cana destinada ao açúcar

12/11/2013 Cana-de-Açúcar POR: Agência Estado
A proporção de cana-de-açúcar destinada à produção de açúcar na segunda quinzena de outubro apresentou um leve aumento na comparação com a primeira metade mês, atingindo 47,75%. Tal índice, contudo, permanece abaixo dos 51,27% registrados em igual período da safra passada, informou há pouco a União da Indústria de Cana-de-açúcar (Unica).
 
De acordo com o diretor técnico da entidade, Antonio de Padua Rodrigues, os volumes de produção observados até o momento confirmam a expectativa de uma safra alcooleira. ´Apesar do crescimento da moagem em torno de 12%, a produção de açúcar continua praticamente idêntica àquela observada no último ano.´
 
Padua explica que a elevação do mix para açúcar no final de outubro se deve, em grande medida, ao aumento da participação das unidades anexas (plantas aptas a produzirem açúcar e etanol) na moagem total do Centro-Sul. ´O clima impactou no andamento da colheita de forma desigual entre as unidades nos últimos 15 dias de outubro, fazendo com que a participação das unidades anexas na moagem total da quinzena aumentasse de 85,22% para 86,22%, elevando o mix para açúcar nos números agregados.´
 
Mesmo assim, a produção de açúcar na segunda quinzena de outubro ficou 3,55% abaixo do montante produzido em igual período da safra passada: 2,45 milhões toneladas em 2013 contra 2,54 milhões em 2012.
 
A produção de etanol, por sua vez, alcançou 1,64 bilhão de litros, alta de 10,92% sobre o valor observado em 2012 (1,48 bilhão de litros). Do total produzido na quinzena, 795,13 milhões de litros referem-se ao anidro (+16,40%) e 849,72 milhões, ao hidratado (+6,24%). O ritmo de produção de anidro na segunda quinzena de outubro continuou intenso, totalizando 20,50 litros por tonelada de cana contra 18,90 litros verificados no ano passado, diz a Unica.
 
No acumulado da safra até 1º de novembro, a produção de etanol somou 21,83 bilhões de litros (alta de 19,77% sobre o último ano), sendo 12,34 bilhões de litros de hidratado (+14,26%) e 9,49 bilhões de litros, de anidro (+27,77%). A produção de açúcar alcançou 29,56 milhões de toneladas, praticamente a mesma quantidade observada na safra 2012/13 (29,34 milhões de toneladas).