atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Unidade americana da Abengoa entra com pedido de recuperação judicial

29/02/2016 Cana-de-Açúcar POR: Valor Econômico
A Abengoa Bioenergy US Holding entrou com pedido de recuperação judicial nesta quarta-feira, sucumbindo à pressão de credores. Uma unidade da companhia espanhola de energia Abengoa, a Abengoa Bioenergy reportou ativos e dívidas entre R$ 1 bilhão e R$ 10 bilhões na requisição da recuperação judicial, arquivada na Corte de Falências dos Estados Unidos em St. Louis.
A petição voluntária da companhia, que opera usinas de etanol, vem pouco depois de fornecedores de milho para os quais a empresa deve dinheiro requisitarem a liquidação de ativos, sob o capítulo sete da Lei de Falências americana, contra duas subsidiárias da Abengoa no Kansas e em Nebraska.A controladora Abengoa também buscou recuperação judicial sob a lei espanhola e está trabalhando num plano de reorganização para evitar a falência. 
A Abengoa Bioenergy US Holding entrou com pedido de recuperação judicial nesta quarta-feira, sucumbindo à pressão de credores. Uma unidade da companhia espanhola de energia Abengoa, a Abengoa Bioenergy reportou ativos e dívidas entre R$ 1 bilhão e R$ 10 bilhões na requisição da recuperação judicial, arquivada na Corte de Falências dos Estados Unidos em St. Louis.
A petição voluntária da companhia, que opera usinas de etanol, vem pouco depois de fornecedores de milho para os quais a empresa deve dinheiro requisitarem a liquidação de ativos, sob o capítulo sete da Lei de Falências americana, contra duas subsidiárias da Abengoa no Kansas e em Nebraska.A controladora Abengoa também buscou recuperação judicial sob a lei espanhola e está trabalhando num plano de reorganização para evitar a falência.