atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Unidades mineiras da Coruripe encerram moagem superando números da safra 2014/2015

04/01/2016 Cana-de-Açúcar POR: Assessoria de imprensa da Coruripe 30/12/15
No mês de dezembro, as unidades mineiras da Usina Coruripe encerraram a moagem referente a safra 2015/2016. A primeira foi Campo Florido, que parou em 16/12 e atingiu 3,73 milhões de toneladas de cana esmagada. No dia 18 foi a vez de Limeira do Oeste, que moeu 1,51 milhão de toneladas. Em seguida, no dia 21, foi finalizada a moagem de Carneirinho e Iturama, que produziram 2,27 e 3,62 milhões de toneladas decana, respectivamente.
O crescimento dos números mostra o desempenho da Coruripe na otimização do planejamento e execução no canavial, contando com o empenho de toda a equipe para utilizar a capacidade total de moagem da indústria. Com o saldo positivo, a unidade de Iturama rendeu, de acordo com o Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), a maior produtividade de toneladas por hectare do Brasil, ficando 18% acima da média do país. 
Carneirinho obteve o terceiro lugar em eficiência industrial do Brasil e as demais unidades ficaram acima da média do Centro-Sul.
Para a próxima safra, o desafio é seguir crescendo e reduzindo custos. "Aumentaremos nossa eficiência e diminuiremos o endividamento. As expectativas são positivas e garantiremos a sustentabilidade do negócio", afirmou Jucelino Sousa, diretor presidente da Coruripe. A moagem de Alagoas está prevista para finalizar em março de 2016 e, ao todo, a Coruripe espera moer 14 milhões de toneladas de cana nesta safra.
No mês de dezembro, as unidades mineiras da Usina Coruripe encerraram a moagem referente a safra 2015/2016. A primeira foi Campo Florido, que parou em 16/12 e atingiu 3,73 milhões de toneladas de cana esmagada. No dia 18 foi a vez de Limeira do Oeste, que moeu 1,51 milhão de toneladas. Em seguida, no dia 21, foi finalizada a moagem de Carneirinho e Iturama, que produziram 2,27 e 3,62 milhões de toneladas decana, respectivamente.
O crescimento dos números mostra o desempenho da Coruripe na otimização do planejamento e execução no canavial, contando com o empenho de toda a equipe para utilizar a capacidade total de moagem da indústria. Com o saldo positivo, a unidade de Iturama rendeu, de acordo com o Centro de Tecnologia Canavieira (CTC), a maior produtividade de toneladas por hectare do Brasil, ficando 18% acima da média do país. 
Carneirinho obteve o terceiro lugar em eficiência industrial do Brasil e as demais unidades ficaram acima da média do Centro-Sul.
Para a próxima safra, o desafio é seguir crescendo e reduzindo custos. "Aumentaremos nossa eficiência e diminuiremos o endividamento. As expectativas são positivas e garantiremos a sustentabilidade do negócio", afirmou Jucelino Sousa, diretor presidente da Coruripe. A moagem de Alagoas está prevista para finalizar em março de 2016 e, ao todo, a Coruripe espera moer 14 milhões de toneladas de cana nesta safra.