atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Usinas de cana enfrentam dificuldade para encontrar mão de obra no PR

04/04/2013 Cana-de-Açúcar POR: Globo Rural
Os agricultores do Paraná começaram a colher a safra da cana-de-açúcar, mas as usinas enfrentam dificuldades para encontrar mão de obra disponível para realizar o serviço. De acordo com a Associação dos Produtores de Bioenergia do Paraná, o estado deve produzir 1,3 bilhão de litros de etanol e cerca de três milhões de toneladas de açúcar.
Na usina que fica em Umuarama, no noroeste de São Paulo, a safra foi programada para começar somente no dia 15 de abril. Além de abastecer o mercado de açúcar e álcool, a safra da cana também pode ser uma excelente oportunidade para quem precisa de trabalho. A usina tem abertas 200 vagas de emprego, que vão de analista de laboratório a operador de máquina. Mesmo com 90% da produção mecanizada, não é fácil encontrar mão de obra. Dependendo da função os salários podem chegar a R$ 2,5 mil.
O mecânico Eliseu da Silva estava trabalhando para outra empresa do setor agropecuário quando teve a oportunidade de ganhar 15% a mais na usina. "A safra gera bastante emprego. Hoje em dia é difícil a pessoa ficar parada porque tem muita oportunidade", diz.
Apesar da projeção de alta na produção de álcool do centro-sul do país, de acordo com a Associação dos Produtores de Bioenergia do Paraná, o estado sofreu com os problemas climáticos e deve manter os mesmos números da safra passada, de 1,3 bilhão de litros de etanol e cerca de três milhões de toneladas de açúcar.
Os agricultores do Paraná começaram a colher a safra da cana-de-açúcar, mas as usinas enfrentam dificuldades para encontrar mão de obra disponível para realizar o serviço. De acordo com a Associação dos Produtores de Bioenergia do Paraná, o estado deve produzir 1,3 bilhão de litros de etanol e cerca de três milhões de toneladas de açúcar.
Na usina que fica em Umuarama, no noroeste de São Paulo, a safra foi programada para começar somente no dia 15 de abril. Além de abastecer o mercado de açúcar e álcool, a safra da cana também pode ser uma excelente oportunidade para quem precisa de trabalho. A usina tem abertas 200 vagas de emprego, que vão de analista de laboratório a operador de máquina. Mesmo com 90% da produção mecanizada, não é fácil encontrar mão de obra. Dependendo da função os salários podem chegar a R$ 2,5 mil.
O mecânico Eliseu da Silva estava trabalhando para outra empresa do setor agropecuário quando teve a oportunidade de ganhar 15% a mais na usina. "A safra gera bastante emprego. Hoje em dia é difícil a pessoa ficar parada porque tem muita oportunidade", diz.
Apesar da projeção de alta na produção de álcool do centro-sul do país, de acordo com a Associação dos Produtores de Bioenergia do Paraná, o estado sofreu com os problemas climáticos e deve manter os mesmos números da safra passada, de 1,3 bilhão de litros de etanol e cerca de três milhões de toneladas de açúcar.