atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

VELOCIDADE DE REABASTECIMENTO

01/07/2019 Etanol POR: Revista Canavieiros
Carro elétrico plugado ainda precisa evoluir no tempo de reabastecimento
Por: Marino Guerra
 
O mundo da mobilidade vive uma intensa corrida tecnológica. Cada um dos participantes tenta encontrar qual será a melhor maneira de movimentar os veículos do futuro, sendo a única certeza que a grande maioria será elétrica.
 
Diferente de como uma boa parte das montadoras gostariam que fosse, o modo de abastecimento a bateria plugado está longe de uma consolidação, abrindo espaço para outras tecnologias, principalmente duas que tem no etanol um protagonismo interessante, os híbridos e os movidos a célula de combustível.
 
Dentre estes pontos há a velocidade de reabastecimento, a qual os motores movidos a combustão interna rodam 400 km para cada minuto perdido no posto. Dentre os elétricos plugados, o mais eficiente apresenta uma velocidade de 45 km/minuto.
 
Enquanto que na tecnologia híbrida a etanol, o tempo é de 350 km/min. Os números vem mostrar que ao contrário do que muitos entusiastas futuristas pensam, chegar a uma realidade viável de ter o carro abastecido numa tomada pode demorar mais tempo que o esperado.