atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

Zanini, do segmento de equipamentos para usinas, pede recuperação

12/01/2016 Cana-de-Açúcar POR: Valor Econômico
Mais uma indústria fabricante de equipamentos para usinas de canade¬açúcar pediu recuperação judicial. A Zanini, de Sertãozinho, protocolou o pedido no fim de dezembro na 1ª vara do foro de Sertãozinho (SP).
Conforme apurou o Valor, a empresa, que está sob o guarda chuva da holding “Usina Santa Elisa” (que não tem nenhuma ligação com o grupo Biosev, da Louis Dreyfus Commodities), tem dívidas de cerca de R$ 200 milhões.
A Zanini se junta agora a outras duas empresas do segmento de indústria de base para usinas de cana-de-açúcar que pediram proteção da justiça contra credores: a Dedini e a Simisa Simioni. Esse setor foi altamente afetado pela crise que sucedeu o boom do etanol, em 2008, quando dezenas de projetos de novas usinas de etanol foram cancelados no país. 
 
Mais uma indústria fabricante de equipamentos para usinas de canade¬açúcar pediu recuperação judicial. A Zanini, de Sertãozinho, protocolou o pedido no fim de dezembro na 1ª vara do foro de Sertãozinho (SP).
Conforme apurou o Valor, a empresa, que está sob o guarda chuva da holding “Usina Santa Elisa” (que não tem nenhuma ligação com o grupo Biosev, da Louis Dreyfus Commodities), tem dívidas de cerca de R$ 200 milhões.
A Zanini se junta agora a outras duas empresas do segmento de indústria de base para usinas de cana-de-açúcar que pediram proteção da justiça contra credores: a Dedini e a Simisa Simioni. Esse setor foi altamente afetado pela crise que sucedeu o boom do etanol, em 2008, quando dezenas de projetos de novas usinas de etanol foram cancelados no país.