atendimento@revistacanavieiros.com.br (16) 3946-3300

O assunto do dia 22 de abril de 2020: Preço do diesel, uma flor em meio ao lamaçal

22/04/2020 Combustível POR: Marino Guerra
O assunto do dia 22 de abril de 2020: Preço do diesel, uma flor em meio ao lamaçal Preço do diesel é uma das poucas boas notícias no momento

Queda de quase 10% nas refinarias é importante para a planilha de custos de quem produz cana-de-açúcar

Dólar alto, demanda praticamente interrompida do etanol, queda no preço internacional do açúcar. Somente as três notícias mais macros mostram que o cenário do setor sucroenergético está bem parecido com o de um hospital que está prestes de um colapso numa localidade castigada pelo coronavírus.

Saiba + Preço do petróleo mais baixo do século

Porém, de nada vai adiantar se desesperar e com isso não conseguir enxergar algumas possiblidades que brotam, como flores em meio ao mar de lama que se formou.

E uma delas está no preço do diesel, que nesse mês caiu 10% nas refinarias e olhando para o comportamento dos valores e estoques mundiais do petróleo, a tendência é que esse valor caia ainda mais.

Lógico que essa situação também vai causar problemas para o escoamento do etanol, porém o Governo Federal deve atender pelo menos em parte, solicitações de proteção feitas pelo setor na semana passada, o que equilibrará a concorrência com a gasolina.

Diante esse ponto de vista, o produtor pode também pensar que o preço do nitrogênio, importante fertilizante da cana, o qual a grande parte da matéria-prima é advinda da ureia e amônia, subproduto do petróleo, pode também sofrer redução de preço.

O raciocínio não é errado, mas segunda especialistas no mercado, dificilmente ele registrará quedas bruscas como a do petróleo, isso porque, se considerar que seu valor gire hoje por volta dos US$ 230 a tonelada, eles acreditam que se chegar ao custo da produção, que é de US$ 210, as fábricas diminuirão a fabricação equilibrando novamente os preços.

Outro ponto que não deixará os preços do nitrogênio caírem muito é a questão cambial, como grande parte dela é importada, o dólar também é um importante influenciador na composição do valor que será ofertado aos agricultores.